Imperatriz sai na frente e vence América-RN no primeiro duelo do mata-mata

junho 3, 2018 0 Por Rafael Nicácio
Imperatriz sai na frente e vence América-RN no primeiro duelo do mata-mata

Na luta por uma vaga na próxima fase da Série D, o Imperatriz venceu o América-RN por 1 a 0 e tem a vantagem do empate no jogo da volta para seguir adiante na competição. O único gol da partida – realizada neste domingo (03) no estádio Frei Epifânio, foi marcado pelo atacante Júnior Chicão, de pênalti, ainda no primeiro tempo.

Não há a vantagem do gol fora de casa, portanto qualquer vitória por um gol de diferença do América-RN leva a decisão para os pênaltis. Qualquer empate dá a vaga ao clube maranhense.

O jogo

A primeira etapa da partida foi de um time só. Jogando em casa, o Imperatriz tomou para si as ações da partida e viu um América-RN acuado em seu campo, buscando apenas o contra-ataque, que nunca conseguia acertar. Jonathas assustou o goleiro Jean em chute de falta, mas foi o lance mais perigoso do América-RN, que viu Daniel Barros acertar a trave de Fred aos 35. Dois minutos depois, o árbitro viu pênalti de Negretti em Kaká dentro da área, que foi convertido por Júnior Chicão. Eloir ainda tentou num chute de fora de área, mas Fred fez a defesa.

Na segunda etapa, o América-RN melhorou com as mudanças do técnico Ney da Matta. Assim, depois de apenas se defender no primeiro tempo, passou a buscar o resultado. O time saiu da defesa, mas apesar de ganhar território não conseguia criar perigo para o goleiro Jean. E O Imperatriz ainda seguia na busca do segundo gol. Assim, dependeu mais uma vez da bola parada, quando Luiz Fernando, aos 25, acertou o travessão do goleiro adversário na melhor chance do time natalense na partida. Fim de jogo!

Arena das Dunas

O jogo da volta acontece no próximo domingo (10), às 16h, na Arena das Dunas. Quem passar nesse duelo, avança para a terceira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O Imperatriz tem a vantagem do empate, mas qualquer vitória por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis, já que não há o critério dos gols fora de casa. O time potiguar precisa vencer por dois gols de diferença para avançar sem precisar das penalidades.