Idosos de Natal vão poder receber vacina da gripe nos condomínios onde residem

março 27, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Idosos de Natal vão poder receber vacina da gripe nos condomínios onde residem

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) firmaram uma parceria onde os síndicos dos condomínios de Natal poderão acessar a plataforma online de cadastro para vacinação de idosos a partir de 60 anos, em grupos, no condomínio que residem, durante a campanha da Influenza em Natal. Objetivo é amenizar os riscos dessa população à exposição de aglomeração em espaços coletivos.

A partir deste sábado (28.03) até (05.04), o síndico, somente ele, pode acessar o sistema através do site http://lais.huol.ufrn.br e preencher o formulário com nome completo e data de nascimento do público alvo que ainda não recebeu a imunização, sendo as informações comprovadas no ato da vacina por meio do RG. A partir da solicitação, a Vigilância Epidemiológica de Natal vai agendar data e horário da vacina.

“Essa intervenção da SMS é visando não expor os idosos, a partir de 60 anos, a aglomerações”, complementa Vaneska Gadelha, Chefe do Núcleo de Agravos da SMS-Natal.

O projeto é uma ação complementar do Departamento de Vigilância em Saúde de Natal (DVS) no combate a transmissão da COVID-19, por isso os imóveis devem disponibilizar um espaço aberto para realização da atividade e estrutura básica com mesas e cadeiras no local. Para mais informações será disponibilizado o telefone 32328534. São parceiros os departamentos de enfermagem, saúde coletiva, Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva, Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Instituto do Envelhecer e o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde – LAIS, todos da UFRN.

A excelente participação da população nos três primeiros dias de campanha contra a Influenza permitiu que a SMS-NATAL pudesse se aproximar da primeira meta de cumprir 90% da imunização do público idoso da capital. Foram aplicadas 71 mil doses em maiores de 60 anos e profissionais da saúde. Uma nova remessa federal tem previsão de chegar ao município na próxima semana para dar continuidade ao calendário vacinal.