Brasil

Idosa é flagrada espancando cachorro até a morte na Paraíba

crueldade
Foto: Reprodução/Youtube

A costureira de 80 anos que foi flagrada em vídeo espancando cruelmente um cachorro a pauladas, disse que matou o animal porque ele era “agressivo” e estava comendo as galinhas e mordendo as pessoas. O depoimento dela foi feito na delegacia de Guarabira, a 98 Km de João Pessoa, na manhã de segunda-feira (9), depois de ser presa pela Polícia Civil local durante a ‘Operação São Francisco’. A filha da mulher também foi detida.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias em seu e-mail. O artigo continua após o formulário!

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Em entrevista à TV Cabo Branco, a idosa falou sobre a participação de outras pessoas no crime: “eu matei sozinha. Mas, um vizinho deu a primeira ‘cacetada’ depois que eu perguntei se tinha coragem de matar o cachorro, que me aperriava demais (sic)”, falou. A senhora isentou a filha de participar o crime. Ainda conforme o depoimento, a mulher disse que terminou de matar o animal depois da primeira paulada. “Como ele [vizinho] não teve coragem, eu peguei o pau e terminei de matar o cachorro porque já estava sofrendo”, disse.

“O espancamento ocorreu de frente à janela do meu quarto, por volta das 8h. O cachorro gritava alto e me acordei. A mulher dava fortes e sucessivos golpes de caibro no animal, que estava amarrado numa árvore. Outras duas pessoas estavam perto da senhora, mas não fizeram nada para salvar o bicho. Não deu tempo para reagir. Pouco tempo depois que comecei a gravar, o animal morreu devido os golpes de caibro”, revelou o estudante que gravou o vídeo.

Segundo a polícia, enquanto o cachorro era espancado pela idosa, a filha e um homem acompanharam a ação. O animal estava amarrado por uma corda em uma árvore enquanto sofria a agressão. A idosa e a filha assinaram um termo e foram liberadas. O homem que aparece no vídeo está sendo procurado e também poderá responder pelo caso.

As informações são do Portal Correio*

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.