Quatro oficiais de Justiça – dois do TRT-RN e dois da Justiça Federal – iniciaram o cadastramento dos bens do Hotel Parque da Costeira, que fica em Natal, com objetivo de penhorá-los e leiloá-los para pagamento de dívidas trabalhistas e tributárias.

Além do imóvel, que fica na beira mar da via Costeira, a justiça deve penhorar todos os bens móveis da empresa para uma venda conjunta.

O Parque da Costeira possui 330 apartamentos, oito piscinas, salões de jogos e de eventos e uma completa infraestrutura.

A dívida total do Parque da Costeira com a Justiça do Trabalho e a Justiça Federal supera os R$ 70 milhões. Só de processos trabalhistas, a empresa soma 230 ações de trabalhadores que foram demitidos e não receberam seus direitos.

Em abril deste ano, o TRT-RN leiloou uma fazenda de 120 hectares no distrito de Sibaúma, no litoral sul do estado, para quitar as dívidas do Parque da Costeira, mas não houve interessados.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.