Hospital Deoclécio Marques vai ganhar 66 novos leitos

Hospital Deoclécio Marques vai ganhar 66 novos leitos

Hospital Deoclécio Marques vai ganhar 66 novos leitos

As enfermarias ortopédica e cirúrgica estão sendo reestruturadas para a abertura de novos leitos, que, somados aos leitos hoje existentes, totalizarão 155 leitos

Rafael Nicácio agosto 20, 2021 Parnamirim

Referência em cirurgias ortopédicas de alta complexidade e trauma para a Região Metropolitana de Natal, o Hospital Deoclécio Marques – em Parnamirim, iniciou obras de reforma e ampliação neste mês. As enfermarias ortopédica e cirúrgica estão sendo reestruturadas para a abertura de 66 novos leitos, que, somados aos 89 leitos hoje existentes, totalizarão 155 leitos.

Na próxima segunda-feira (23), a Central de Material/Esterilização da unidade começará também a ser reformada, com o objetivo de aumentá-la e construir mais uma sala para o centro cirúrgico. Para que a reforma do setor não interfira no andamento das cirurgias, o hospital contará, para a esterilização dos materiais cirúrgicos, com o apoio do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, além do Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros (São José de Mipibu) e da Maternidade Divino Amor.

A reforma contempla também a cobertura predial da unidade, ampliação da porta de entrada, além de melhorias no Pronto Socorro Adulto, com ambiência adequada para área amarela e vermelha, qualificando a assistência desde o acolhimento à condução dos procedimentos seguintes dos pacientes do perfil atendido pelo Hospital Deoclécio Marques. Assim, será possível oferecer um espaço de maior qualidade tanto para os pacientes, quanto para os profissionais que atuam na unidade.

O prazo previsto para conclusão das obras é de 10 meses, com um investimento de R$ 2.036.681,89. “A reforma e ampliação do hospital aumentará o potencial de resolutividade na resposta à sociedade nos casos de ortopedia, que apresentam hoje uma demanda reprimida. Será possível realizar procedimentos complexos com maior disponibilidade de centro cirúrgico e leitos de enfermarias, de modo a acelerar o giro de leitos e oportunizar mais pacientes contemplados em suas necessidades cirúrgicas, com uma assistência de maior qualidade“, destacou diretora geral do hospital, Maria José Pontes.

Referência em Traumato-Ortopedia no RN

O Hospital Deoclécio Marques realiza uma média mensal de 300 cirurgias entre ortopedia e cirurgia tóraco-abdominal, além de exames laboratoriais, imagem, transfusão e internamentos em UTIs. Funciona com porta regulada, com referência para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/RN) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) municipais da 7ª Região de Saúde e Região Metropolitana para as cirurgias gerais.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos