Hospitais do RN utilizam cloroquina em casos graves de Covid-19

Hospitais do RN utilizam cloroquina em casos graves de Covid-19

abril 11, 2020 0 Por Rafael Nicácio

O Rio Grande do Norte está utilizando cloroquina e hidroxicloroquina no tratamentos dos casos graves e críticos de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19). De acordo com a Secretaria de Saúde Pública (Sesap), o estado “segue protocolo encaminhado pelo Ministério da Saúde”.

Ainda de acordo com a Sesap, o uso do medicamento, que ainda não tem a eficácia comprovada, foi orientado pela Nota Informativa n°6/2020 do Ministério da Saúde, que aponta a dosagem do medicamento e destaca que atende apenas casos graves.

Por meio de nota técnica emitida no último 4 de abril, a Sesap orientou os 11 hospitais públicos estaduais – destacados no Plano de Contingência para a doença, que utilizem o medicamento em pacientes com quadro clínico que envolva situações como infiltração pulmonar, falência respiratória, choque séptico ou disfunção de múltiplos órgãos.

“Importante ressaltar que não há garantia de que o medicamento garante a cura e há dezenas de estudos clínicos nacionais e internacionais em andamento, avaliando a eficácia e segurança de cloroquina e hidroxicloroquina para infecção por Covid-19, bem como outros medicamentos, e, portanto, essa medida poderá ser modificada a qualquer momento, a depender de novas evidências científicas”, informou a pasta.

Doses do medicamento foram encaminhadas pelo Ministério da Saúde e distribuídas para as 11 unidades hospitalares da rede que estão no Plano de Contingência. Cada uma recebeu, em média, 10 kits para tratamentos.

Pelo menos 123 pessoas estão internadas nos hospitais da redes pública e privadas do estado, confirmadas ou com suspeita para a doença, sendo que no setor público, apenas 4 pacientes estão em UTI. No privado, são mais de 20.