Mundo Bizarro

Homem toma 300 latas de Coca por um mês para mostrar os efeitos nocivos do açúcar no corpo

Este homem passou por um período de um mês ingerindo um total de dez latas de Coca-Cola por dia. No decorrer de um mês ele ganhou 13 kg, ocasionado pela mudança drástica alimentar para somente informar sobre os efeitos maléficos do açúcar no corpo dos seres humanos.

George Prior, tem 50 anos de idade, e passou pelo desafio um tanto quanto bizarro para mostrar os efeitos do açúcar incluído no refrigerante mais popular do mundo e consumido pela sociedade. O corajoso antes do desafio estava com o corpo saudável e esbelto, mas somente em um mês depois passou a exibir uma barriguinha e alguns pneuzinhos a mais.

https://www.youtube.com/watch?v=wz1PBPxHSZg

Ainda por cima, ele ficou viciado em Coca, mostrando- se com uma grande vontade de consumir a bebida após acabar o desafio. Diariamente George ingeria 900 calorias extras e 250 gramas de açúcar. “Eu estou alertando para que as pessoas se conscientizem da quantidade de açúcar consumido em suas dietas. Elas precisam saber o quanto o açúcar prejudica sua saúde”, disse George, que mora em Los Angeles, Estados Unidos, ao Mirror.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.