Henrique Alves recorreu a desembargador preso no RN para atuar em seu favor

agosto 31, 2017 0 Por Rafael Nicácio
Henrique Alves recorreu a desembargador preso no RN para atuar em seu favor

O desembargador aposentado Francisco Barros Dias, preso nesta quarta-feira (30) em Natal durante a Operação Alcmeón, havia sido procurado em junho passado pela defesa de Henrique Alves (PMDB-RN) para atuar em favor do ex-ministro no processo da operação Manus – um desdobramento da Lava Jato. A informação foi confirmada pela Polícia Federal que revelou conversas de uma interceptação telefônica do ex-desembargador.

A Operação Alcmeón – uma ação conjunta da PF e o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte, buscou desarticular um grupo que explorava a compra e venda de votos e sentenças junto a uma turma do Tribunal Regional Eleitoral da 5ª região, localizada em Recife (PE). Segundo a PF, o grupo agiu, inclusive, em processos relacionados à operação Lava Jato. Em nota, a defesa do ex-desembargador “nega veementemente a participação do advogado Francisco Barros Dias em qualquer conduta desonrosa e ressalta ainda que confia na Justiça e na verdade dos fatos”.

De acordo com os investigadores, a organização teria atuado perante a Justiça em fatos que já teriam sido identificados, dentre os quais operações policiais, apelações criminais, ações rescisórias e revisão criminal. Os investigadores ainda ressaltam que Barros teria recebido R$ 150 mil em 2012 para soltar Rychardson de Macedo, um dos alvos da Operação Pecado Capital – que apurou um esquema de desvio de recursos federais repassados pelo Inmetro ao Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte – Ipem/RN.

+ Fred Queiroz abre o jogo e diz que “avião levou R$ 7 milhões a Henrique Alves em 2014”

Francisco Barros Dias (Foto: Reprodução/Jornal Hoje)

Um dos episódios que expõe a suposta exploração de prestígio apresentados pelo Ministério Público Federal foi a procura de Barros, pelo advogado Marcelo Leal, que representa Henrique Alves, a pedido da família do peemedebista.

Dois dias depois do encarceramento de Henrique Alves, em 8 de junho, o desembargador foi flagrado em grampo da Polícia Federal em conversa com o advogado do peemedebista, Marcelo Leal.

“Doutor Francisco, Eu tô ligando porque a família de Henrique entrou em contato e sugerindo a contratação do Senhor ai no Rio Grande do Norte.”, afirmou Leal no telefonema.

Confira a conversa:

Se você não conseguiu enxergar as mensagens em anexo acima, confira a transcrição na íntegra:

MARCELO LEAL – Boa tarde é Michela Vania, eu sou secretaria do
Doutor Benedito.. Oh perdão, Marcelo Leal aqui de Brasília
FRANCISCO – Pois não.
SECRETARIA – Ele gostaria de falar com o Senhor, pode atendê-lo
FRANCISCO – Pois não, tô aqui aguardando.
MARCELO LEAL – Alô
FRANCISCO – Alô
MARCELO LEAL– Doutor Francisco
FRANCISCO – Diga ai Doutor, tudo bem.
MARCELO LEAL – Opa, tudo bom, como vai
FRANCISCO – Tudo bem Doutor Marcelo, como estamos, tudo em paz?
MARCELO LEAL – Então ta bom, prazer falar com o Senhor
FRANCISCO – Igualmente
MARCELO LEAL – Doutor Francisco, Eu tô ligando porque a família de Henrique entrou em contato e sugerindo a contratação do Senhor ai no Rio Grande do Norte
FRANCISCO – Hrumm.
MARCELO LEAL – Quer dizer que pra mim é uma honra podemos trabalhamos juntos
FRANCISCO – Ah pois não.
MARCELO LEAL – E… Não coloquei qualquer impedimento nesse sentido, muito pelo contrario, E. . Achei ate que a questão já tivesse sido esclarecida no meu telefonema de ontem mas eu vejo agora que hoje pela manhã, eu tô concentrado, preparando o habeas de Henrique aqui no…
FRANCISCO – E, o de Brasília
MARCELO LEAL – aqui em Brasília, e tirou o meu telefona da minha sala porque acaba… muitos jornalistas, então eu deixei minha secretária pra ela atender e ela me trouxe agora, e vi que tem mensagem de WhatsApp da família perguntando se eu já tinha conversado com o senhor, etc, que ele tem…muito agoniado, eu imaginei que a conversa que eu tive com eles ontem já fosse esclarecedora.
FRANCISCO – Certo.
MARCELO LEAL  ..Mas … é… é…. já que..
FRANCISCO – … Olha, essa ligação.. Alô… Doutor Marcelo
MARCELO LEAL – Alô…
FRANCISCO – Alô, a ligação tá cortando muito, eu poderia ligar aqui noutro telefone que esse aqui tá cortando…
MARCELO LEAL – Claro, Claro
FRANCISCO – Tá bom
MARCELO LEAL – Telefone fixo.
FRANCISCO – E, melhor, tá bom, brigadão.
MARCELO LEAL – Tá obrigado
FRANCISCO – aguarda ai um pouquinho…