Harmonizando peixes e vinhos

Harmonizando peixes e vinhos

abril 6, 2017 0 Por Romário Nicácio

A páscoa está próxima e muitas famílias se preparam para a data, seja devido ao seu significado religioso ou apenas pela vontade de reunir os parentes e amigos mais queridos e trocar deliciosos ovos de chocolate. Nessa época, é comum que o consumo de carne vermelha seja substituído pelos peixes devido às tradições cristãs.

E para que o almoço de páscoa não deixe a desejar, nada como uma bela garrafa de vinho para acompanhar a refeição, não é mesmo? Contudo, muitas pessoas ficam na dúvida na hora de decidir quais são os melhores vinhos para acompanhar peixes e outros frutos do mar presentes no cardápio.

Regras gerais de harmonização

É de conhecimento geral que existe uma preferência pelos vinhos brancos quando se trata de harmonizá-los com peixes e outras carnes brancas. Contudo, por mais útil que essa regra seja, ela não precisa ser estritamente seguida. Peixes e frutos do mar também harmonizam com tintos e rosés.

Considerar algumas características da refeição, como o modo de preparo, os acompanhamentos, os molhos e os temperos utilizados, também é muito importante. Quando mais leve for a iguaria, mais suave deverá ser o vinho.

Enquanto peixes crus, por exemplo, pedem por bebidas extremamente leves, ensopados e peixes cozidos devem ser acompanhados por vinhos mais encorpados.

O vinho para cada tipo de peixe

Veja, a seguir, alguns dos peixes mais consumidos pelas famílias brasileiras e opções de vinhos para a harmonização. Mas lembre-se, são apenas sugestões. Não tenha medo de usar a criatividade e ousar nas combinações.

  • Atum: pratos com atum, incluindo as saladas, vão muito bem com vinhos rosés, espumantes ou mesmo um Merlot jovem;
  • Bacalhau: muitas famílias não dispensam o bom e velho bacalhau no domingo de Páscoa. Para acompanhá-lo, vinhos brancos maduros, como um Chardonnay, é uma boa pedida;
  • Cação: assado, grelhado ou frito, é um peixe muito saboroso. Normalmente, faz uma boa combinação com rosés e espumantes;
  • Cavalinha: pode ser acompanhada por espumante ou vinho branco. Leve em consideração o molho, os acompanhamentos e o modo de preparo;
  • Linguado: um Prosecco ou um tradicional Sauvignon Blanc fazem uma boa harmonização;
  • Salmão: vale a pena apostar em um Pinot Noir jovem para acompanhar pratos que incluem salmão. Vinhos rosés também são boas opções;
  • Sardinha: o sabor marcante do peixe pede por vinhos brancos ácidos para uma harmonização equilibrada;
  • Truta: opte por espumantes ou por um vinho branco seco. São combinações que não causam erro!

Outros frutos do mar

Frutos do mar também podem ser harmonizados com diferentes tipos de vinho. Ostras e outros moluscos, que normalmente são temperados com limão, sal e outros condimentos ácidos, pedem um vinho branco suave, como o Sauvignon Blanc. Já crustáceos, como camarão ou casquinhas de siri, ficam deliciosos quando acompanhados por um bom vinho rosé.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!