“Guerra Santa”: Estado Islâmico chama luta contra as religiões de “Cruzadas”
Foto: BBC

“Guerra Santa”: Estado Islâmico chama luta contra as religiões de “Cruzadas”

Em uma nova mensagem enviada, o grupo terrorista Estado Islâmico ameaça os judeus e os cristãos. “Assim que essa campanha de cruzadas acabar aqui, depois, se Deus quiser, nos encontraremos em Jerusalém e depois atacaremos Roma. Mas, antes, os exércitos da cruz serão derrotados em Dabiq”, afirmou o porta-voz do grupo, Abu Muhammad al-Adnani. Com o título “Morra na sua raiva”, a mensagem ainda incita os jihadistas a derrotarem todos os “inimigos” em seu território de origem.

“Eu não fechei a porta para o diálogo com o Estado islâmico”, diz Papa Francisco

De acordo com o jornal Daily Mail, cinco jovens jogadores de futebol portugueses, que estão na Síria combatendo pelo EI, podem ajudar as autoridades a localizar o carrasco John, acusado pelo Ocidente de ter decapitado os reféns ingleses e norte-americanos. Ainda segundo o jornal, os jovens tinham se transferido para jogar em Londres e ali se converteram ao Islã e se radicalizaram. De lá, partiram para lutar em território sírio.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: