Guarda Municipal aborta tentativa de golpe do falso sequestro em Natal
Foto: Assecom GMN

Guarda Municipal aborta tentativa de golpe do falso sequestro em Natal

Agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) conseguiram abortar nesta terça-feira, 13 de abril, uma tentativa de golpe contra uma procuradora que recebeu ligação de bandidos informando manter um dos seus filhos sequestrado e sob ameaça de morte caso não pagasse um resgate. Os guardas municipais interceptaram a vítima nas proximidades do banco quando a mesma se dirigia para realizar a transferência do valor estipulado pelos bandidos.

De acordo com o subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz, a informação inicial era que a vítima estava desaparecida, e de posse da foto da mesma e dados do veículo que ela dirigia, as viaturas da GMN foram acionadas e ficaram alertas. “No primeiro momento, a informação que tínhamos era de um possível sequestro relâmpago, então colocamos viaturas na agência onde a vítima tinha conta, além de outras viaturas circulando na área com dados do veículo da vítima”, contou.

Os guardas municipais conseguiram identificar o carro da vítima circulando na frente da agência, foi então que iniciaram a estratégia de interceptação e abordagem ao veículo, sendo identificada a vítima no interior do carro, que em seguida contou a história do sequestro aos agentes. “Pegamos o número do telefone do filho dela e ao ligarmos descobrimos que era uma tentativa de golpe. Graças a Deus e a nossa ação tudo foi resolvido da melhor forma e a senhora foi entregue aos cuidados da família sã e salva”, concluiu o subcomandante Cruz.

Esse tipo de golpe do falso sequestro é comum e muitas vezes os bandidos ligam de outro estado e cidade diferentes da residência da vítima. O modo de atuação dos golpistas é ligar para a vítima e dizer ter sequestrado algum familiar dela. Geralmente, eles colocam outro para falar ao telefone se passando pelo refém. Em seguida pedem dinheiro para que a pessoa seja libertada. É importante que no momento da ligação a pessoa se mantenha calma, entre em contato com o familiar que supostamente teria sido sequestrado para confirmar a veracidade dos fatos.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: