Grupo terrorista usa falas de Donald Trump em treinamento

(ANSA) – As polêmicas falas do pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, estão sendo usadas pelo grupo terrorista al-Shabaab para motivar os extremistas a atacarem o Ocidente, informou o portal de monitoramento dos jihaditas SITE, neste sábado (02).

Segundo a revelação, os líderes do grupo publicaram um vídeo de 51 minutos nas “sessões de recrutamento” em que mostram Trump falando que é preciso fechar a fronteira para todos os imigrantes muçulmanos e os chamando de terroristas.

As imagens do magnata foram inseridas no mesmo material em que o ex-líder do al-Shabaab Anwar al-Awlaki aparece como mártir. O jihadista foi morto por um ataque de um drone no Iêmen, em 2011. Os milicianos são considerados um braço da al-Qaeda e atuam, principalmente, na Somália.

A informação do SITE surge há duas semanas de uma acusação da pré-candidata democrata ao posto, Hillary Clinton. No dia 19 de dezembro, ela afirmou que o republicano “era o melhor recrutador do Estado Islâmico” e que suas imagens estavam sendo usadas pelos recrutadores extremistas para “recrutar e radicalizar mais jihadistas”. À época, Trump exigiu um pedido de desculpas de Clinton já que não havia provas do que ela tinha falado. Porém, a democrata não se desculpou com o magnata.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!