Destaques, Esporte

Grand Slam Nordeste abre calendário 2018 do jiu-jitsu no RN

Depois do recesso das competições nas artes marciais, entre dezembro de 2017 e janeiro deste ano, o Rio Grande do Norte se prepara para receber mais uma edição do Grand Slam Nordeste (GSN) de Jiu-Jitsu, evento que chega a terceira edição e promete reunir mais de mil atletas nos dias 3 e 4 de fevereiro, no ginásio Central da UFRN. O campeonato é um dos maiores do estado e abre o calendário das disputas na arte suave.

Para o evento estão inscritos lutadores da Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Ceará, Alagoas e Bahia, além de representantes de várias cidades do RN.

Segundo o organizador do evento, Felipe Medeiros, a grande adesão dos atletas ao Grand Slam é explicada pelos diferenciais oferecidos. “O jiu-jitsu está se fortalecendo e, consequentemente, o número de atletas e de eventos aumenta. É preciso pensar em algo a mais. Foi o que fizemos nas primeiras edições, quando premiamos com kimonos, algo pioneiro, e que depois passou a fazer parte quase que obrigatoriamente de qualquer grande evento”, disse.

Para Felipe, a necessidade de um grande campeonato vai além de cumprir à risca seu cronograma. “Os lutadores já deixaram claro que isso é básico, então pensamos em outros benefícios como praça de alimentação completa, um ginásio amplo e ventilado, oferecer nas áreas de luta mesas repletas de frutas para que os que vão competir possam ter um complemento alimentar saudável e uma fisioterapeuta presente na quadra durante toda a competição”, completou o organizador do evento.

Além disso, os campeões serão premiados com um cinturão e kimono, mais bonificação em dinheiro. O segundo lugar recebe medalha e kimono, e os terceiros lugares recebem suplemento. “Estamos trabalhando muito para fazer um ótimo evento. Ouvimos os lutadores nas edições passadas, aperfeiçoamos algumas coisas e inserimos novas ideias. A expectativa é das melhores para sempre superarmos em qualidade a edição anterior. Com essa busca estamos evoluindo sempre e quem ganha com isso é o esporte e o jiu-jitsu em geral”, acrescentou Medeiros.

Foto: Artur Dantas

Para a mais recente edição, o GSN trouxe algumas novidades em relação às etapas de 2017. Uma delas é que será estreado na disputa o Ranking Nordeste, formado pelos maiores eventos de jiu-jitsu do RN, que contará pontos e premiará em uma solenidade no final do ano os melhores atletas de cada faixa. Cada lutador receberá um kimono, uma placa e um certificado, tanto no masculino quanto no feminino.

Paraatletas

Outra novidade do Grand Slam Nordeste é que será disputado um circuito formado apenas por paraatletas. A sugestão foi dada pelos próprios participantes e englobada nesta edição, uma forma de trabalhar o esporte também como inclusão e integração social.

“Já tínhamos nas edições passadas a presença de alguns lutadores com mobilidade reduzida, que acabavam competindo apenas em lutas de demonstração”, adiantou Felipe.

Serviço

Grand Slam Nordeste de Jiu-Jitsu

Data: 3 e 4 de fevereiro

Local: Ginásio Central da UFRN

Entrada: livre

Início da competição: 8h

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.