Governo volta atrás e horário de verão deve começar em novembro

Depois de muito vai e vem o Palácio do Planalto decidiu que irá manter o começo do horário de verão para o dia 4 de novembro. Normalmente, o horário tem início em outubro, mas, por conta do segundo turno das eleições, a mudança foi adiada.

Como o dia 4 de novembro cai no mesmo dia do Exame Nacional do Ensino Médio, Enem, o Ministério da Educação solicitou ao presidente Michel Temer que a data do início do horário de verão fosse adiada para não prejudicar os candidatos.

No começo do mês, o governo federal chegou a anunciar que iria adiar a data para o dia 18 de novembro, mas agora, depois de um estudo de viabilidade feito pelos ministérios de Minas e Energia e Transportes, foi concluído que a nova mudança seria inviável.

Ou seja, no dia 4 de novembro, os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país devem adiantar os relógios em uma hora. Agora, o leste do Amazonas, Roraima e Rondônia deixam o relógio atrasado em duas horas em relação a Brasília. Já o Acre e a parte oeste do Amazonas atrasam o relógio em três horas em relação ao horário oficial do país.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.