Governo suspende retomada da economia no RN prevista para quarta-feira (8)

julho 7, 2020 0 Por Romário Nicácio
Governo suspende retomada da economia no RN prevista para quarta-feira (8)

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, anunciou durante apresentação do boletim epidemiológico desta terça-feira (7) a suspensão da segunda fração de reabertura econômica no Estado.

“Quando resolvemos autorizar o início da retomada parcial de uma pequena parte das atividades econômicas, o fizemos com base nas tendências que estavam em curso: a taxa de transmissibilidade que havia tido uma redução, ao mesmo tempo em que nós colocávamos que para dar continuidade a esta retomada, nós precisaríamos também que a taxa de ocupação de leitos ficasse inferior a 80%.”

Citando as ações do governo, como abertura de leitos, a governadora enfatizou que não atingiu uma redução na ocupação de leitos necessárias para a ampliação da reabertura econômica no Rio Grande do Norte. “Mesmo assim, nós não conseguimos trazer a taxa de ocupação para inferior a 80%. Essa é a razão, seguindo fielmente o próprio decreto, pela qual nós estamos, portanto, suspendendo essa segunda fase que seria a continuidade da retomada das atividades econômicas.”

Uma nova data para essa retomada ainda não foi divulgada pelo governo estadual. Segundo a governadora, os dados epidemiológicos serão analisados todos os dias para medidas futuras.

A segunda fração previa autorização para abertura de estabelecimentos como lojas com até 600 metros quadrados, com “porta para a rua”, e restaurantes de até 300 metros. A venda de bebidas alcoólicas para consumo no local continuaria proibida.

O que poderia abrir nesta segunda fase:

  • serviços de alimentação de até 300m² (restaurantes e food trucks);
  • estabelecimentos com até 600 m² e com “porta para a rua”, dos seguintes ramos:
  • a) comércio de móveis, eletrodomésticos e colchões;
  • b) lojas de departamento e magazines não localizados dentro de shopping centers ou centros comerciais;
  • c) agências de turismo;
  • d) comércio de calçados;
  • e) comércio de brinquedos, artigos esportivos e de caça e pesca;
  • f) comércio de instrumentos musicais e acessórios; de equipamentos de áudio e vídeo; de eletrônicos/informática; de equipamentos de telefonia e comunicação;
  • g) joalherias, relojoarias, bijuterias e artesanatos;
  • h) comércio de cosméticos e perfumaria.

As atividades previstas na primeira fração desta reabertura econômica continuam autorizadas a funcionar, são elas: atividades de informação, comunicação, agências de publicidade, design e afins; salões de beleza, barbearias e afins; e estabelecimentos com até 300m² e com “porta para a rua” de alguns ramos (papelarias, bancas de revistas; comércio de produtos de climatização; comércio de bicicletas e acessórios; comércio de vestuário; e armarinho).

Os estabelecimentos, no entanto, precisam seguir uma série de normas, como uso obrigatório de máscaras, limitação do acesso de pessoas e distanciamento.

Dados epidemiológicos

Nesta terça-feira (7) foram apresentados os dados epidemiológicos atualizados da pandemia de Covid-19 no Rio Grande do Norte.

O número de casos confirmados subiu para 35.809, um acréscimo de 825 nas últimas 24 horas; casos suspeitos estão em 48.921 (1.267 de ontem para hoje), os casos descartados somam 56.301. O número de pessoas que morreram em decorrência do novo coronavírus chegou a 1.289, sendo 41 notificados nas últimas 24 horas. Há ainda 171 óbitos em investigação.