Governo se compromete em garantir a alimentação nos hospitais do RN
Foto: Sindsaúde-RN

Governo se compromete em garantir a alimentação nos hospitais do RN

novembro 12, 2016 0 Por Rafael Nicácio

No início da tarde desta sexta-feira (11), logo após a manifestação unificada pelo Dia Nacional de Lutas, os servidores da saúde foram até a Secretaria de Planejamento (Seplan), cobrar a garantia das suas refeições nos hospitais e a dos acompanhantes. O almoço estava suspenso em seis hospitais, sendo fornecido apenas para pacientes. Em outros, a refeição vem sendo fornecida parcialmente.

Os servidores ocuparam o saguão do prédio e uma comissão do Sindicato dos Servidores em Saúde do RN (Sindsaúde-RN) e de um representante de cada hospital foi recebida pelo controlador-geral e pelo secretário estadual de Saúde, George Antunes. Por telefone, o secretário falou com o setor responsável pelo fornecimento dos gêneros alimentícios, que garantiu que a empresa estaria abastecendo os hospitais neste final de semana, e o estoque seria suficiente até a quarta-feira (16).

O secretário falou com o governador, que deu autorização para que a Secretaria de Planejamento liberasse na segunda-feira (14) os recursos necessários para normalizar a alimentação nos hospitais.

“Foi uma vitória importante. Na segunda estaremos aqui, para acompanhar a liberação destes recursos. Mas é uma vitória, resultado de nossa ação aqui hoje. Todos estamos de parabéns, é assim que temos que fazer diante dos problemas”, afirmou Manoel Egídio Jr., coordenador-geral do Sindsaúde-RN.

O Sindsaúde solicitou ainda uma audiência com o governador e os secretários de Saúde e Planejamento, para discutir o colapso nas unidades, como a falta de material e de pessoal, e o baixo investimento. “Não dá pra gente ficar sofrendo nos hospitais. Vamos tirar os problemas dos corredores e vamos trazer para os gabinetes”, afirmou Simone Dutra, vice-coordenadora.

O sindicato pede que os servidores avisem ao sindicato sobre a falta de alimentação que possa ocorrer durante este fim de semana, para que seja denunciado.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!