Governo federal autoriza ampliação do Sistema de VLT da Grande Natal

Governo federal autoriza ampliação do Sistema de VLT da Grande Natal

novembro 17, 2020 0 Por Rafael Nicácio

A Resolução nº 143 do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (16/11), autoriza a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) a promover investimentos na região metropolitana de Natal.

A Resolução, assinada conjuntamente pelos Ministros Paulo Guedes e Rogério Marinho, considera o estágio inicial da desestatização da CBTU, especificamente da praça de Natal. Além disso, lembra que ainda não foi assinado Acordo de Cooperação Técnica com o Estado do Rio Grande do Norte para a desestatização da Companhia.

Levando em consideração que o Ministério do Desenvolvimento Regional entende que os investimentos em expansão são relevantes e que não trarão restrição ao processo de desestatização, a Resolução autoriza a remodelação das linhas Norte (Ceará-Mirim/Ribeira) e Sul (Ribeira/Parnamirim), com a implantação de novos trechos.

Linhas Branca e Roxa

O Sistema de Trens Urbanos de Natal é operado por composições diesel em duas linhas ferroviárias com extensão total de 56,2 km abrangendo 4 municípios e transportando cerca de 14,3 mil passageiros/dia.

A Linha Norte com extensão de 38,5 km, abrangendo 3 municípios, Natal, Extremoz e Ceará Mirim, com 13 estações em operação e a Linha Sul com 17,7 km, abrangendo 2 municípios, o de Natal e o de Parnamirim, com 10 estações em operação.

Em junho deste ano o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, já tinha anunciado a liberação de R$ 75,7 milhões para a ampliação da malha férrea.

Desse montante, R$ 53,7 milhões será destinada à expansão da Linha Sul, com a implantação da Linha Branca.

O novo trecho será composto por 24 quilômetros de via permanente, além de seis estações, e permitirá a ligação entre Natal e Nísia Floresta, passando pela cidade de São José do Mipibu.

Outros R$ 13 milhões estão destinados à implantação do Trecho 1 da Linha Roxa, com 3,6 quilômetros de trilhos e quatro estações. A etapa tem início na Linha Norte, em Extremoz, corta o município de São Gonçalo do Amarante e chega ao Aeroporto Internacional de Natal.

Também serão utilizados recursos da ordem de R$ 9 milhões para reparos em vagões do sistema de veículo leve sobre trilhos (VLT) e aquisição de uma nova locomotiva.