Ciência

Google planeja armazenar informações genéticas das pessoas na internet

A gigante de internet atualmente oferece armazenamento de fotos, e-mails, documentos e até contatos. Agora, o Google pretende dar um passo à frente e começar a armazenar as informações genéticas dos usuários em um ambiente online. As informações são do Daily Mail.

A empresa espera que seu projeto Google Genome (Genoma Google) leve medicamentos personalizados – e irá cobrar 25 euros, aproximadamente R$80, por pessoa para armazenar dados em seus servidores. A empresa espera que o serviço seja popular em hospitais, empresas e pesquisadores de drogas, que vão poder usar o serviço, aproveitando-se dos vastos servidores do Google para comparar informações e encontrar a causa da doença.

“Vimos os biólogos que se deslocam para estudar um genoma, enquanto poderiam estudar milhões”, disse David Glazer, o engenheiro de software que liderou o esforço e foi anteriormente chefe de engenharia de plataforma para o Google+, a rede social, ao site Technology Review. “A oportunidade é como aplicar os avanços na tecnologia de dados para ajudar com essa transição”, completou. O objetivo do sistema, segundo o Google, é “explorar a variação genética de forma interativa.”

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.