Goleiro Jackson Follmann deixa UTI de hospital em SP

(ANSA) – O goleiro da Chapecoense, Jackson Follmann, foi transferido da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a área semi-intensiva nesta quarta-feira (14), informou o hospital Albert Einstein em nota.

Segundo os médicos, o jogador, que foi submetido a uma cirurgia para a correção da “fratura do processo odontoide (fixação da segunda vértebra cervical)”, está em “bom estado clínico, consciente, sem déficits motores e sem febre”.

Follmann, que chegou ao Brasil na segunda-feira (13), é o único dos sobreviventes brasileiros que foi encaminhado para São Paulo. Tanto o lateral Alan Ruschel como o jornalista Rafael Henzel foram direto para Chapecó, no oeste de Santa Catarina.

Ainda de acordo com informações dos médicos aos jornalistas, o goleiro – que teve parte da perna direita amputada – terá que passar por mais uma cirurgia no pé para correção de um pequeno problema. Mas, o procedimento deve ser feito em Santa Catarina.

Já o zagueiro Neto, que é o único que permanece internado no hospital San Vicente, em Medellín, na Colômbia, deve voltar ao Brasil na manhã desta quinta-feira (15). Em coletiva de imprensa, o médico do clube catarinense, Edson Stakonsk, informou que a transferência do jogador está sendo organizada.

“Ele evoluiu muito bem nos últimos dias, vamos transferi-lo hoje para uma unidade de internação não intensiva, uma semi-intensiva, um quarto, e estamos programando a transferência dele para amanhã de manhã”, disse Stakonsk explicando que ele será levado para Chapecó.

Vídeo de Rafael Henzel

Um vídeo que mostra o reencontro do jornalista Rafael Henzel com seu filho de 11 anos, ainda dentro do avião que levou os sobreviventes para Santa Catarina, comoveu a internet. Nele, Henzel abraça o filho e cai no choro. Ao abraçar a mãe, que estava na Colômbia também, é possível ouvir dela que “tudo ia dar certo”.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!