Gás de cozinha terá reajuste de 5% no Rio Grande do Norte
Brasília, DF, Brasil 1/6/2018 o Distrito Federal começou a receber uma grande quantidade de gás de cozinha. Mais de 300 toneladas de gás liquefeito de petróleo (GLP), que envasilhadas renderiam 23 mil Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Gás de cozinha terá reajuste de 5% no Rio Grande do Norte

agosto 14, 2020 0 Por Rafael Nicácio

Os preços do Gás Liquefeito do Petróleo (GLP), mais usado nas residências em botijões de 13 quilos, sofrerá um aumento médio de 5% a partir da próxima segunda-feira (17), no Rio Grande do Norte. Além disso, o preço do gás terá um aumento de R$ 0,25 referente ao Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF).

De acordo com o Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN), o aumento no Rio Grande do Norte vai ser de, em média, R$ 3. O preço do botijão de gás vai passar a custar entre R$ 73 e R$ 75 reais.

Este é o quinto reajuste de preços do Gás Liquefeito do Petróleo (GLP) implementado pela Petrobras desde o início do ano. De acordo com a estatal, “os preços do GLP flutuam acompanhando o petróleo do tipo Brent com as tarifas do gás natural, com demanda da indústria petroquímica e de GLP, especialmente para calefação no inverno do Hemisfério Norte”.