Gás de cozinha ficará 5% mais caro a partir de segunda (31)

Gás de cozinha ficará 5% mais caro a partir de segunda (31)

Duas semanas após o último reajuste anunciado no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) – mais conhecido como gás de cozinha, os consumidores potiguares deverão perceber um novo aumento no valor do botijão de 13kg a partir da próxima segunda-feira (31).

A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN). O acréscimo deverá representar cerca de R$ 3 no preço final.

De acordo com o presidente da entidade, Francisco Santos, a Petrobras anunciou o reajuste de 5,4% no preço aos revendedores, com os novos preços sendo repassados ao cliente final na segunda-feira (31), após os vendedores renovarem os estoques.

“Este é o sexto aumento seguido anunciado pela Petrobras desde maio e acaba refletindo para o consumidor”, afirmou o representante dos revendedores. O aumento deverá representar acréscimo de R$ 3 a R$ 3,50. Com isso, o preço médio deverá ficar entre R$ 73 e R$ 76,50, de acordo com o sindicato.

A estatal informa que, desde novembro de 2019, igualou os preços do gás de cozinha aos do gás usado pela indústria e pelo comércio. As distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: