França autoriza ensaio clínico com sangue de verme marinho em pacientes com Covid-19

abril 5, 2020 0 Por Rafael Nicácio
França autoriza ensaio clínico com sangue de verme marinho em pacientes com Covid-19

A empresa francesa Hemarina recebeu luz verde para iniciar um teste terapêutico em pessoas que contraíram o coronavírus. O teste consiste em administrar aos pacientes diagnosticados com covid-19 uma solução sanguínea de vermes marinhos.

Depois de obter a aprovação da Agência Nacional Francesa de Medicamentos e Produtos de Saúde na semana passada, a empresa obteve autorização do Comitê para a Proteção de Pessoas para conduzir o teste em 10 pacientes em um hospital de Paris.

A solução, que visa aliviar a condição dos pacientes afetados pela Síndrome da Insuficiência Respiratória Aguda (SIRA), é produzida com hemoglobina do verme marinho que mede entre 10 e 15 centímetros.

A hemoglobina desses seres é capaz de transportar 40 vezes mais oxigênio que a hemoglobina humana. Ao contrário do ser humano, que é encerrado nos glóbulos vermelhos, o das arenícolas é extracelular.

O protocolo de oxigenação usando a hemoglobina desses vermes pode ajudar os pacientes a melhorar significativamente sua capacidade respiratória, de acordo com Franck Zal, fundador da Hemarina.

“Pode ir a lugares onde um glóbulo vermelho não pode ir”, disse ele ao Ouest-France.

O especialista explicou que primeiro será realizado um teste de segurança e eficácia “para poder ver um sinal de oxigenação para pessoas em estado crítico”.

Zal acrescentou que a empresa pretende que “a pesquisa seja de código aberto, que os dados sejam publicados e abertos à comunidade internacional”.

Atualmente, não existe tratamento para o Covid-19. Vários estudos foram lançados sobre a hidroxicloroquina, cuja utilização continua sendo debatida.