Fragata Liberal da Marinha abre para visitação em Natal
Foto: Divulgação

Após um período de missão no Líbano, a fragata “Liberal”, da Marinha do Brasil, vai atracar no Terminal de Passageiros de Natal, na Ribeira, e estará aberta para a visitação do público neste fim de semana. As visitas serão no sábado (13) e domingo (14), das 14h às 17h, no dois dias. A entrada é gratuita.

O navio regressa ao Brasil após ficar seis meses como Capitânia da Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL). Ao todo, 200 militares foram levados no dia 4 de agosto de 2018 para missão.

Na missão, estava embarcado também um destacamento aéreo para operar com a aeronave orgânica Super Lynx, e um grupo de fuzileiros navais. A missão no Líbano aconteceu do dia 15 de setembro do ano passado ao dia 15 de março deste ano, quando a Fragata “Liberal” foi substituída por outro navio da Marinha do Brasil, a Fragata “União”.

Em outubro do ano passado, o navio participou do resgate de 31 refugiados de um barco à deriva na Costa do Líbano. Entre os socorridos estavam mulheres e crianças que estavam sem comida e água há três dias. Os passageiros, bastante debilitados, informaram que eram sírios e que tentavam chegar ao Chipre.

Depois do Líbado, a Fragata “Liberal” passou pelos portos de Valência e Las Palmas (na Espanha) para reabastecimento e manutenção logística de rotina.

Serviço

  • Evento: Visitação da Fragata Liberal
  • Local: Terminal Marítimo de Passageiros de Natal
  • Data: Sábado (13) e domingo (14)
  • Horário: 14h às 17h
  • Valor: Gratuito

Orientações: Por causa das características e limitações do local e peculiaridades do navio – como existência de escadas para acesso aos compartimentos), a Marinha recomenda que sejam evitadas crianças abaixo de 5 anos e pessoas com dificuldade de locomoção.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.