Fátima confirma que vai prorrogar medidas de isolamento social no RN

Fátima confirma que vai prorrogar medidas de isolamento social no RN

Fátima confirma que vai prorrogar medidas de isolamento social no RN

Rafael Nicácio maio 4, 2020 Destaques

A governadora Fátima Bezerra confirmou nesta segunda-feira, dia 4 de maio, que vai prorrogar o decreto que determina o fechamento do comércio e traz outras medidas de combate ao coronavírus no Rio Grande do Norte. O decreto que está em vigor tem validade até 5 de maio. Um novo decreto deve ser publicado no Diário Oficial nesta terça (5).

Em entrevista ao jornalístico Bom Dia RN, a governadora antecipou que o novo decreto será nos mesmos moldes do atual, que permite o funcionamento de serviços essenciais, e que o foco do governo estadual será na fiscalização para que as medidas sejam cumpridas.

“O que nós vamos ter daqui pra frente é um foco muito forte no cumprimento dessas medidas. Precisamos ampliar o percentual de isolamento do social no RN, que nós estamos acompanhando e está longe do ideal que é 60%”, disse. O novo decreto deve ter validade de 15 dias.

O que diz o decreto atual

A suspensão das aulas já estavam determinadas até o dia 31 de maio e seguirão suspensas. Restaurantes, bares, lanchonetes e praças de food truck devem funcionar exclusivamente com sistema de entrega ou com ponto de coleta dos alimentos. O consumo em mesas nestes locais está proibido.

Além das atividades de assistência médica e de comercialização de alimentos, é permitido o funcionamento de:

  • oficinas;
  • borracharias;
  • lojas de autopeças;
  • hotéis e pousadas;
  • agências de emprego temporário;
  • serviços de consertos de computadores;
  • lavanderias;
  • atividades de seguro e de contabilidade;
  • serviços de venda e locação de imóveis e automóveis;
  • barbearias e manicures; e atividades de assessoria, consultoria e representação jurídica.

Continuam suspensas atividades coletivas de qualquer natureza, públicas ou privadas, como festas, shows, atividades desportivas, feiras, exposições. Passeatas e carreatas passam a ser proibidas para evitar aglomerações. O uso de máscaras segue sendo obrigatório.

Outros artigos