DestaquesNatalSaúde

Faculdade oferece atendimento gratuito para pessoas com depressão e ansiedade

Segundo OMS, pandemia ocasionou aumento de 25% de casos de ansiedade e depressão no mundo; Natal é a segunda capital do Nordeste com maior número de adultos com depressão

A Estácio está com um novo projeto para atender pessoas que apresentem sintomas de depressão, ansiedade, esgotamento emocional, síndrome de burnout ou outros transtornos psicossomáticos – doenças de desordem emocional e/ou psiquiátrico com sintomas no corpo.

Os participantes do projeto “Caixa Craniana” receberão apoio psicológico, fisioterápico, estético e nutricional dos graduandos da instituição para minimização dos sintomas desses transtornos. Natal é a segunda capital do Nordeste com maior número de adultos com depressão, segundo Ministério da Saúde.

O contexto social do Brasil e do mundo exige uma maior atenção à saúde mental da população. Em Natal esta situação está cada vez mais preocupante. De acordo com a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), ano base 2021, a capital do Rio Grande do Norte compreende 11,8% de registros de maiores de 18 anos com diagnóstico de depressão, atrás somente de Recife, com 12,5%.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), no primeiro ano da pandemia de Covid-19, o predomínio global de ansiedade e depressão aumentou em 25%. O estresse com o distanciamento social devido à pandemia, solidão, alteração na rotina habitual e o receio de infecção pela doença e suas consequências, são alguns dos responsáveis pelo desenvolvimento de quadros de depressão e ansiedade em parte da população.

De acordo com a professora coordenadora do programa, Micarla Alves, a finalidade é que as intervenções promovidas pelo projeto tragam melhora na qualidade de vida para os participantes. Os encontros serão semanais na Clínica Escola da Estácio em Ponta Negra. “A OMS considera que saúde não significa meramente a ausência de doença e enfermidade, mas sim, um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Dessa forma, o nosso projeto de extensão tem o objetivo de promover a saúde por meio multidisciplinar através do processo integrativo do ser humano na totalidade”, explica.

Podem se inscrever para o projeto, maiores de 18 anos com o diagnóstico de um transtorno psicossomático – doenças que afetam diretamente a saúde mental e fisiológica onde os sintomas físicos acabam se tornando uma consequência dos sintomas emocionais e psicológicos. São considerados psicossomáticos: depressão, ansiedade, síndrome de burnout, síndrome do pânico, traumas de infância, luto, mudanças de padrões de comportamento, mommy burnout (síndrome do esgotamento materno), etc.

Os interessados no projeto podem se inscrever por meio do contato WhatsApp 99652-3137, ou indo pessoalmente à faculdade Estácio, unidade Ponta Negra, localizada na Rua Dr. Hernani Hugo Gomes, 90, próximo ao Banco do Brasil da Av. Roberto Freire.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.