Variedades

Facebook acabará com política de nome verdadeiro

(ANSA) – Após anos de críticas, o Facebook finalmente irá liberar o uso de pseudônimos, quebrando a regra de uso de nomes autênticos apenas.

O VP de Crescimento do Facebook, Alex Schultz, explicou que as novas normas devem valer a partir de dezembro. Política de uso de nomes verdadeiros era muito criticada pela comunidade LGBT, já que trans e drag queens costumam usar nomes diferentes de seus registros, e indígenas norte-americanos, que geralmente são batizados com nomes incomuns.

Também costumam usar identidades “fakes” trabalhadores que consideram perigoso se identificar na Internet, mas precisam das redes para exercer suas profissões.

Desta forma, agora, além de relaxar as regras para escolha de nome, a rede também deixará de policiar usuários cuja denominação considera suspeita.

O Facebook insistia na política por querer garantir que todos seus usuários realmente existiam. Segundo Schultz, isso garante a segurança, pois é mais fácil para os usuários se esconder atrás do anonimato para assediar os demais, além de cometer outros crimes como fraude.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.