Mundo

Estado Islâmico reivindica massacre em boate nos EUA

(ANSA) – A agência de notícias Amaq, que é considerada a representação oficial na mídia do grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis), afirmou que o massacre em uma boate dos Estados Unidos “foi realizado por um guerreiro do EI”.

A informação, divulgada por Rita Katz, que gerencia o portal SITE, mostra um banner da Amaq com a informação. Porém, as autoridades não confirmaram a informação.

O FBI confirmou a identidade do atirador do clube gay em Orlando como Omar Sediqque Mateen, 29 anos. O nome é o mesmo que a mídia norte-americana já havia levantado.

Segundo as autoridades, ele já era conhecido das autoridades por possíveis ligações com homens suicidas de grupos terroristas. Em dois momentos, em 2013 e 2014, a polícia chegou a investigar Mateen, mas as “não houve conclusões” sobre a participação dele em grupos terroristas. Eles também confirmaram que o atirador ligou para o serviço de emergência dizendo ser ligado ao Estado Islâmico.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo