Mundo

Estado Islâmico liberta reféns japonês e jordaniano, diz rede Al Jazeera

video-undefined-251E3AE600000578-62_636x358

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) libertou nesta quarta-feira (28) o refém japonês Kenji Goto e o militar jordaniano Muath al Kasaesbeh, segundo informações da rede Al Jazeera. Os dois foram soltos em troca da terrorista Sajida al Rishawi, condenada à morte na Jordânia.

Na semana passada, os radicais anunciaram que queriam US$ 200 milhões em troca de Goto e, na última terça (27), deram 24 horas para o pagamento do resgate, ameaçando executá-lo caso a quantia não fosse paga. Porém, o Governo do Japão decidiu não pagar para o Estado Islâmico o resgate necessário para libertar os dois reféns.

Também na semana passada, os extremistas assassinaram um refém japonês que estava em seu poder, Haruna Yukawa, devido o governo japonês ter negado o pagamento para libertá-los.

A libertação de Rishawi era uma exigência do grupo para poupar a vida de Kasaesbeh, capturado após a queda de um caça da Jordânia na Síria e do japonês Kenji Goto.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.