DestaquesTecnologia

Especialista recomenda alterar três configurações do WhatsApp para evitar ataques de hackers

Com o avanço da tecnologia, aumenta a preocupação para os ataques de hackers que estão se tornando cada vez mais comum. Casos de roubo de contas e dados do WhatsApp aumentam cada vez mais e os usuários devem se atentar para três configurações do aplicativo relacionadas à privacidade, arquivos recebidos e verificação de perfil, de acordo com as recomendações do especialista em segurança Zak Doffman, publicadas recentemente em Forbes.

O especialista, fundador da empresa Digital Barriers que busca soluções avançadas de vigilância para defesa, segurança nacional e combate ao terrorismo, partiu de um caso em que hackers enganaram um usuário, a partir de uma conta já roubada de um de seus amigos, para compartilhar um código enviado por mensagem sms para o seu telefone.

Confirmação em duas etapas

Essa operação permite que invasores assumam sua conta, e a recuperação pode ser um processo trabalhoso. No entanto, uma das primeiras ações que Doffman recomenda é ativar a confirmação em duas etapas do WhatsApp.

Para fazer isso, o usuário deve entrar na seção ‘Conta’, encontrada em ‘Configurações’. Posteriormente, o aplicativo solicitará que você insira seis dígitos e um e-mail para recuperar o acesso, caso esqueça os números colocados. O procedimento é curto e leva menos de um minuto.

“Todos que usam o WhatsApp devem usar essas configurações de segurança”, frisou o especialista. Portanto, se um hacker assumir o controle de sua conta WhatApp, não poderá concluir o roubo sem saber seu PIN ou código de verificação.

Arquivo de fotos e vídeos

Doffman alerta que fotos e vídeos só devem ser salvos quando o usuário conhece o remetente e tem a certeza de que os arquivos multimídia foram enviados por seu contato e não baixados da internet para posteriormente serem compartilhados pelo WhatsApp.

Caso contrário, os usuários correm o risco de que fotos ou vídeos de origem desconhecida contenham código malicioso que pode travar o dispositivo ou afetar os aplicativos.

“Salvar automaticamente as fotos do WhatsApp é como deixar a porta da frente aberta ; isso traz um nível de risco que não é necessário e pode danificar seu telefone”, explicou o especialista em segurança cibernética Jake Moore.

Para evitar riscos, é recomendável entrar na seção ‘Conversas’ da área ‘Configurações’ e desativar a opção ‘Salvar na galeria’ no iPhone ou ‘Visibilidade de mídia’ no Android.

Quem pode adicionar seu contato a grupos?

Finalmente, Doffman sugere ir para as configurações de ‘Conta’ e a guia ‘Privacidade’ e limitar quem pode adicionar seu contato aos grupos. Neste caso, recomenda-se selecionar a opção ‘Apenas para meus contatos’ . Além disso, o técnico especificou que nenhum dos segmentos nesta seção deve estar disponível para ‘Todos’ e, pelo menos, limitá-los aos amigos.

As diretrizes impedirão que hackers acessem sua conta, ataquem seus contatos por meio de software malicioso ou mesmo consolidem golpes financeiros. “Você precisa alterar suas configurações e deve fazer isso hoje”, alertou o especialista.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo