Foto: Ejército de Tierra

(ANSA) – O governo da Espanha informou nesta quinta-feira (25) que o número de mortos por conta do novo coronavírus (Sars-CoV-2) chegou a 3.434, uma alta de 738 novas vítimas em apenas 24 horas – 27% a mais do que o dia anterior. Com isso, os espanhóis já estão na segunda posição no ranking dos países que mais registram perdas de vida, à frente da China, que tem 3.287 falecimentos, e atrás da Itália, com 6.820 mortes.

De acordo o relatório, são 47.610 pessoas infectadas com o Sars-CoV-2, uma alta de 7.937 contágios a mais do que no dia 24.

Há ainda 3.166 pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 5.367 receberam alta dos serviços hospitalares.

A capital Madri é a que registra o maior número de contaminados e de falecidos, com 12.352 e 1.535, respectivamente. Na sequência, aparece a Catalunha, com 9.937 infectados e 516 mortos.

Durante a coletiva de imprensa para anunciar os novos dados, o governo espanhol afirmou que espera que já neste fim de semana as medidas de isolamento impostas à população comecem a fazer efeito.

Segundo o general José Manual Santiago, que participou da coletiva representando o ministro do Interior, Fernando Grande-Malarska, já foram registradas 19 detenções e mais de sete mil denúncias contra espanhóis que não estão cumprindo com as medidas de isolamento.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.