Escola Infantil da UFRN supera meta nacional da Educação Básica

setembro 17, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Escola Infantil da UFRN supera meta nacional da Educação Básica

O Núcleo de Educação da Infância (NEI/Cap) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) superou a meta nacional do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) projetada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Referência na educação dos anos iniciais do Ensino Fundamental, o NEI alcançou nota 8.1, sendo que a meta nacional foi de 5.9.

Conforme o site do INEP, o IDEB é um indicador da qualidade educacional que utiliza informações sobre o rendimento escolar e o desempenho em exames padronizados, como a Prova Brasil ou o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). Pela segunda vez, o NEI supera a meta nacional do IDEB, visto que, em 2017, teve nota 7.7, sendo a média nacional de 5.8, cuja projeção pelo INEP foi de 5.5. Nesta edição de 2019, o NEI alcançou 8.1, ultrapassando mais uma vez a meta nacional, que foi de 5.9, com meta projetada pelo INEP para 5.7.

De acordo com a diretora do NEI, Maristela de Oliveira Mosca, o bom desempenho nacional da unidade ocorre pelo caráter de vanguarda. “Pautados em teóricos da área de educação e desenvolvimento infantil, temos como foco o protagonismo das crianças. A metodologia desenvolvida no NEI, o Tema de Pesquisa, tem sua gênese no tema gerador de Paulo Freire. Ouvir as crianças, o que elas pensam sobre o mundo, o que sabem e o que desejam saber – a inspiração da investigação”, avalia.

Outro aspecto citado pela professora é a formação continuada dos docentes, valorizando a pós-graduação, a pesquisa e o estudo diário e coletivo, além das condições de trabalho, como salário digno, dedicação exclusiva à instituição, condições físicas de suporte metodológico e as relações interpessoais no trabalho pedagógico coletivo.

Nas avaliações, o Núcleo teve destaque nas notas de Matemática e Língua Portuguesa, pontuando 284.13 e 260.11, respectivamente. Para Maristela Mosca, a boa avaliação é resultado, em primeiro lugar, dos esforços de um trabalho sério e responsável, comprovando que uma escola pública de qualidade é possível. “Mas, para isso, é preciso investimento, para que o NEI não seja uma ilha, mas uma realidade para todas as crianças do Brasil”.

NEI

O Núcleo da Educação da Infância (NEI) funciona como um Colégio de Aplicação, vinculado ao Centro de Educação da UFRN, ofertando vagas na Educação Infantil (creche e pré-escola) e no Ensino Fundamental (1º ao 5º Ano). Atualmente, atende 415 crianças e conta com uma equipe de 49 docentes (efetivos e substitutos, bem como afastados para outros cargos na instituição e pós-graduação), 29 técnico-administrativos e 15 bolsistas.

“Na formação de nossas crianças, vemos que elas lidam com o estudo de maneira diferenciada. Elas têm prazer em aprender, em investigar, são críticos e reflexivos, bem como articulados em suas colocações. Isso é aprendizagem para a vida: investigar, refletir, fazer o seu melhor, avançar, não aceitar respostas prontas”, analisa a direção do NEI.