Imagem: RedeTV/Reprodução

No Trace Trends deste terça-feira, 04 de agosto de 2020, tem entrevista com Hiran.

Roteirista e diretora autoral, Sabrina explica a escolha da narrativa dos trabalhos que produz, sempre voltados ao protagonismo negro. “Conto histórias de uma forma que eu possa naturalizar os corpos pretos e fugir desses estereótipos que as pessoas pretas são colocadas. Estão sempre naquele lugar de subserviência, hipersexualização ou violência e isso quando estão lá, porque na maioria das vezes elas sequer aparecem. Completamente apagadas num país onde 56% da população é composta por pessoas pretas”, afirma.

A cineasta, que recentemente publicou um artigo chamado ‘O roubo das narrativas’, endossa a importância da representatividade legítima da população negra no meio em que atua. “O que estamos vendo são pessoas brancas que já estão usufruindo do seus privilégios há muitos anos.

Que nunca tiveram a menor preocupação com a questão da inclusão de gênero e raça em seus filmes e agora, do dia para a noite, fazem projetos onde esses corpos são protagonistas”, reflete. “Quando o capital entra, os racistas mudam de tática. Se tornam inclusivos, sendo que ao longo de toda vida eles nos excluíram.”

Os apresentadores AD Júnior e Alberto Pereira Jr conversam também com o rapper baiano Hiran, de 25 anos. Apadrinhado musicalmente por Caetano Veloso, ele confidencia as dificuldades que teve no início da carreira artística por ser homossexual e expõe como enxergava o cenário antes de se lançar.

“Demorei até os 21 anos para entender que eu podia fazer rap, porque eu não conseguia visualizar o menino que vestia o que eu vestia, que falava como eu falava, que tinha os termos na ponta da língua que eu tinha, fazendo hip hop. Eu achava que era um ambiente muito heteronormativo, apesar de tratar sobre desconstruções”, compartilha.

Tudo isso e muito mais você pode conferir logo após o TV Fama, começando a partir das 22h30, na RedeTV!.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.