The Voice Brasil
Imagem: Globo/Raquel Cunha

Na grande estreia da oitava temporada do The Voice Brasil desta terça-feira, 30 de julho de 2019, tem muitas novidades incluindo a estreia de Iza como coach.

Dessa vez, os técnicos têm a missão de escolher 16 vozes para montar seus times, totalizando 64 cantores na disputa pelo primeiro lugar do reality musical. E para brindar o início de mais uma edição, que tem o comando de Tiago Leifert e traz Jeniffer Nascimento na cobertura dos bastidores, Ivete Sangalo, Iza, Lulu Santos e Michel Teló também se apresentam no palco do programa. Juntos, os técnicos fazem uma performance especial da música “Eu só quero um xodó”, sucesso de Dominguinhos que completa 15 anos de lançamento.

Entenda as fases do programa

Audições às cegas – Na primeira fase, os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela voz. Os técnicos viram suas cadeiras e montam seus times: Time Ivete, Time Iza, Time Lulu e Time Teló. Se mais de um técnico virar, o participante é quem escolhe com quem quer trabalhar. No total, serão 64 vozes aprovadas, 16 em cada time. O temido – e divertido – botão de bloqueio está disponível durante toda esta fase. Com ele, os técnicos podem bloquear uns aos outros, dificultando ainda mais as escolhas do colega ao lado e impedindo que o talento opte por ingressar no time do rival. O técnico só saberá que está impedido de participar da disputa pela voz se virar sua cadeira.

Batalhas – Com as equipes formadas, os técnicos dividem seus times em duplas para duelar cantando a mesma música. Ao final da apresentação, ele decide qual dos dois candidatos permanece. Nesta etapa, os técnicos podem usar o famoso “Peguei” para resgatar os eliminados de cada performance. Com esse recurso, cada um poderá incluir até três novos participantes no seu time. O botão de bloqueio poderá ser usado também durante as ‘Batalhas’, tirando o time rival da disputa pelo candidato eliminado.

Rodada de fogo – A fase dá início aos shows ao vivo da temporada. Nela, os integrantes dos times se apresentam em duplas ou trios definidos pelos técnicos. Após a performance, cada técnico escolhe uma voz para deixar o programa.

Shows ao vivo – Nesta fase, os participantes de cada time são divididos em trios e quartetos definidos pelos técnicos e o público passa a ajudar na decisão final. Nas apresentações em trio, somente duas vozes seguem na competição: uma escolhida pelo técnico e outra salva pelo público por meio de votação no site do programa. Nas apresentações com quatro vozes, o técnico escolhe um participante para seguir no programa, o público salva uma voz por meio de votação e dois participantes são eliminados.

Semifinal – Dois candidatos de cada time se apresentam individualmente, mas apenas um segue para a grande final. Após o show, o público vota na sua voz predileta. Sem saber o resultado da votação, o técnico escolhe um dos participantes para receber uma pontuação bônus. O candidato que alcançar a maior pontuação, somando o voto do público e o bônus concedido pelo técnico, segue para a grande final representando o time.

Grande final – Na final, cabe ao público decidir quem será o campeão. O vencedor ganha um prêmio de R$ 500 mil e assina contrato a Universal Music.

A exibição acontece para Grande São Paulo, assim como para todo o Brasil, a partir das 12h50 logo após o Esporte Espetacular na TV Globo.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.