Produtores do Big Brother Brasil são denunciados por assédio sexual

Produtores do Big Brother Brasil são denunciados por assédio sexual

Produtores do Big Brother Brasil são denunciados por assédio sexual

Aline Cássia junho 8, 2021 BBB

A denúncia partiu de uma inscrita para o programa. Segundo Aline, os acusados teriam pedido “nudes” para que ela pudesse avançar no processo

O Balanço Geral, programa de reportagem exibido na Record Tv, desta terça-feira (08), noticiou sobre uma estudante que disse ter provas de ter sofrido assédio sexual de produtores do Big Brother Brasil. Aline Vargas, estudante de Odontologia, mora em Minas Gerais, inscreveu-se para participar das seletivas do programa e disse que os tais produtores afirmaram que ela só avançaria no processo se enviam fotos intimas.

O caso, que já está sendo investigado pela Polícia Civil, teria dado início em 2020, quando Aline se inscreveu para o reality. Em entrevista, a estudante informou: “Dentro de uma longa conversa, ele me pede uma foto pelada, um nude. Tenho todas as provas possíveis, tenho prints autenticados pela Justiça. Agora, nesse momento, estou mexendo com um tubarão, o programa que o Brasil abraça e ama”, disse ela.

Aline não citou nomes, mas afirmou que um dos produtores, que ela acusa, é conhecido, inclusive tem fotos com outras ex-BBBs. “Ele transita entre a direção e a produção [do programa]. Quando tinha os processos seletivo presencialmente, ele ia em todos”, afirmou Aline.

Ela disse, também, que foi procurada por um dos acusados por ela, através de sua rede social. Um deles havia enviado uma mensagem, com seu marido junto. Aline disse que a princípio não desconfiou, pois é comum que se tenham olheiros para atrações desse nível.

“Não desconfiei, pois o BBB também tem os famosos olheiros[…]fiquei em estado de choque, mesmo. Cheguei a ficar branca, estava com o meu marido ao lado’.

Tempos depois, ela entrou em contato informando que não enviaria as imagens solicitadas e um deles informou que Aline tinha poucas chances, e alegou o fato de ela ser casada. “Você tem poucas chances. Você é casada, não é um perfil que agrada. Porém, tudo é possível, boa sorte!”, falou.

Procurada, a TV Globo enviou uma nota informando que existe um código de ética e que não comenta casos de compliance e que o funcionário em questão, não presta mais serviços a emissora.

Outros artigos