Foto: Divulgação

No Pequenas Empresas e Grandes Negócios deste domingo, 10 de fevereiro, o uso do aplicativo de mensagens no ambiente de trabalho.

Para lançar um olhar prático sobre um caso real, o programa conta a história dos empresários Juan Fontana e Alexandre Fernandes Furini, donos de uma rede de restaurantes e de um mercado de carnes. A dupla faz a gestão de uma equipe de 200 funcionários que participam de 12 grupos de trabalho, nos quais chegam a trocar mais de mil mensagens por dia, seja para comunicar preços, promoções, fazer compras, organizar a contabilidade e até para treinar pessoas. Alexandre fala sobre as regras que estabeleceu para aderir ao uso da facilidade tecnológica.

A partir disso, o ‘PEGN’ escuta um profissional especializado no assunto: este tipo de aplicativo deve ser usado para o trabalho? Para o advogado trabalhista Alvaro Trevisoli, sim. Mas ele ressalta fatores importantes que devem ser considerados na hora de lançar mão do recurso. Além do indispensável bom senso, ele também lembra o cuidado a ser tomado, uma vez que as mensagens ali trocadas passam a servir como provas jurídicas, e alerta sobre o risco de haver constrangimento e brincadeiras maldosas no ambiente virtual, por exemplo.

Alvaro sugere a criação de um código de ética da empresa para esse uso: fazer contrato de trabalho com cada funcionário, estabelecendo regras claras sobre o aplicativo; proibir mensagens em vídeo, áudio e texto com brincadeiras, memes, ofensas; e vetar comunicação fora do horário de trabalho para evitar futuras ações.

O programa vai ao ar logo após mais uma edição do Antena Paulista, começando por volta das 08h na Globo. Além disso, o telespectador pode assistir a programação da emissora ao vivo através do GloboPlay, assim como programas anteriores na plataforma digital.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.