Pedido de Habeas Corpus é negado pela justiça a Dj Ivis

Pedido de Habeas Corpus é negado pela justiça a Dj Ivis

Pedido de Habeas Corpus é negado pela justiça a Dj Ivis

Aline Cássia julho 19, 2021 Notícia

Ivis agrediu a ex-mulher na frente da filha e de outras duas pessoas

Preso desde a última quarta-feira (14), na Delegacia Metropolitana da Polícia Civil de Eusébio, no Ceará, o cantor e DJ Ivis teve seu Habeas Corpus negado pelo Tribunal de Justiça do Ceará.

Ao portal UOL, o TJCE informou: “Um pedido de habeas corpus ingressado pela defesa de Iverson Araújo foi indeferido pelo Tribunal de Justiça do Ceará neste fim de semana. Mais informações não podem ser repassadas, pois o caso tramita sob segredo de Justiça”, justificaram.

O Dj está respondendo por dois inquéritos: um na cidade de Fortaleza e outro no município de Eusébio. O primeiro pelos vídeos das agressões no apartamento onde viveu com Pamella, já segundo, ele responderá pela agressão relatada pela vítima.

Vídeos gravados por câmera de segurança interna mostram Iverson de Souza Araújo, agredindo a ex-mulher na frente da filha e de outras duas pessoas. As imagens foram compartilhadas, no Instagram da própria ex, Pamella Holanda, no último dia 11.

No último domingo (18), Pamella deu uma entrevista para o Fantástico, na Globo. Ela revelou que tem sofrido agressões do ex-companheiro desde 2020, quando foram morar juntos. “Quando comecei a morar com ele , ele já começou a me agredir. Começou verbalmente, palavrão, grosserias”, contou.

Ela ainda revelou que a primeira agressão física foi quando ela já estava grávida da filha do casal. “Eu estava grávida da Mel, de cinco para seis meses. Ele me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá”, disse a influencer.

Antes de ser preso, o artista gravou um vídeo dizendo que se sentia arrependido e admitiu a culpa.   “Estou errado mesmo. Peço perdão a cada um de vocês. Nada vai mudar o que eu fiz. Tentei ser perfeito e não consegui. Não quero mudar o que eu fiz, mas quero mostrar que também sou humano”, declarou.

Outros artigos