O ano de 2019 foi marcado, entre outras coisas, por uma profunda tristeza. Nos últimos 12 meses, as mortes de diversas personalidades do Brasil comoveram multidões e deixaram amigos, fãs e familiares de luto. Na dramaturgia, na música, na moda, no entretenimento ou no jornalismo, muitas celebridades que marcaram a história vão deixar saudades.

Das trágicas e inesperadas mortes do apresentador Gugu Liberato, da modelo Caroline Bittencourt, do cantor Gabriel Diniz e do jornalista Ricardo Boechat ao adeus a veteranas como Bibi Ferreira e Beth Carvalho, o meio artístico brasileiro sofreu perdas irreparáveis.

No início de fevereiro, o país chorou a morte de Boechat, aos 66 anos, em um acidente de helicóptero em São Paulo. Já a modelo Caroline Bittencourt morreu, aos 37 anos, em um acidente de barco em Ilhabela, no litoral norte paulista. O falecimento do cantor Gabriel Diniz também chocou o país. Ele morreu na queda de um avião em Estância, no Sergipe. O músico estava no auge da carreira, com o hit de sucesso “Jenifer”.

O Brasil também se despediu repentinamente da escritora, atriz e apresentadora Fernanda Young, que sofreu uma parada cardíaca depois de uma crise de asma; do ator Caio Junqueira, morto em um trágico acidente de carro; do ator e diretor Jorge Fernando; do cineasta Fábio Barreto; e da atriz Bibi Ferreira.

Além deles, os atores Lúcio Mauro e Rafael Miguel, o deputado Wagner Montes, o jornalista Paulo Henrique Amorim e o crítico de cinema Rubens Ewald Filho faleceram em 2019. Por sua vez, o cenário musical ficou de luto após a partida de Beth Carvalho, considerada a madrinha do samba, com mais de 50 anos de carreira; e de João Gilberto, um dos músicos mais importantes da cultura nacional e um dos ícones da bossa nova.

Outra perda marcante no Brasil foi a morte do apresentador Gugu Liberato, que sofreu um acidente doméstico em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos. Uma multidão se comoveu e foi até a Assembleia Legislativa de São Paulo para prestar a última homenagem a um dos grandes comunicadores do país.

Com informações da Agência ANSA*

Deixe um comentário

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.