No trimestre encerrado em dezembro do ano passado, a plataforma de vídeos on-line mais querida do mundo registrou lucro líquido de US$ 43,178 milhões, encerrando o ano com US$ 122,641 milhões. O faturamento total foi de US$ 6,780 bilhões em 2015, contra US$ 5,505 bilhões no ano anterior.

Os números ainda apontam que ao final de dezembro, a Netflix tinha em torno dos 74,76 milhões de usuários, dos quais 44,74 milhões são dos Estados Unidos. Comparado aos três meses prévios, isso representa um ganho de 1,56 milhão de usuários em seu mercado doméstico e 4,04 milhões no exterior.

O up no número de assinantes vem contando com a ajuda de grandes sucessos, a exemplo de House of Cards, Orange is the New Black, Jessica Jones, Narcos, Demolidor e vários outros.

“No dia 1º de janeiro, apenas algumas horas após o fechamento do trimestre, nós cruzamos a barreira de 75 milhões de membros”, disse a companhia, em comunicado. “Nosso trimestre terminou com 74,76 milhões de membros, com mais 17 milhões de novas adições no ano. Nós acreditamos que vamos crescer em mais de 6 milhões de membros no primeiro trimestre, dada a nossa expansão do Netflix a virtualmente todos os lugares, menos a China”.

Com tamanho sucesso, as ações da companhia fecharam em alta de 3,70%, a US$ 107,89, nesta terça (19). Porém, logo após o anúncio dos resultados, que aconteceu após o fechamento da Bolsa, os papéis dispararam. Por volta das 20h, pelo horário de Brasília, a alta era de 11,06%, com cotação de US$ 115,55.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.