“Não consigo descrever o que é ser vítima disso”, diz Felipe Neto após PM desejar sua morte

“Não consigo descrever o que é ser vítima disso”, diz Felipe Neto após PM desejar sua morte

“Não consigo descrever o que é ser vítima disso”, diz Felipe Neto após PM desejar sua morte

Aline Cássia junho 9, 2021 Famosos

Ameaça aconteceu após o youtube compartilhar números de mortes vítimas da Covid-19 no Brasil

O Youtuber e digital influencer, Felipe Neto, divulgou em suas Redes Sociais, uma ameaça vinda de um policial militar do Rio de Janeiro. A ameaça veio após Felipe postar números de pessoas mortas vítimas da Covid-19 no Brasil, no período de 24h, do dia 07 de Maio de 2020, comparando o número a outros países.

Na mensagem, enviada pelo policial militar, que não teve seu nome revelado, em resposta a publicação do youtuber, no seu stories, dizia: “pena que não levou você seu esquerdista de bosta”. Logo em seguida, Neto printou mensagem e publicou a imagem no seu perfil, e disse que não ficaria mais calado. “Mensagem enviada por um policial do RJ, que supostamente deve garantir minha (nossa) segurança. Não vou aguentar isso calado mais. Um homem de fuzil na mão, desejando minha morte. Não dá pra explicar o que isso faz com a minha cabeça”, desabafou.

Também no Twitter, Felipe compartilhou a ameaça e deixou claro que tomaria providência diante desse caso. “Tomarei as providências. Ele tem fuzil na mão. Eu não consigo descrever o que é ser vítima disso”, disse o influencer.

Preocupados, muitos seguidores apoiaram o youtuber e lamentaram o ocorrido. “Tome cuidado. Os militares estão assassinos e truculentos como nunca[…]”, disse um seguidor. “Que nojo desse tipo de gente”, disse outro.

Nenhuma descrição disponível.

Outros artigos