Luciano Szafir em entrevista para o Fantástico falou sobre sua internação: “pior coisa da minha vida”

Luciano Szafir em entrevista para o Fantástico falou sobre sua internação: “pior coisa da minha vida”

Luciano Szafir em entrevista para o Fantástico falou sobre sua internação: “pior coisa da minha vida”

Aline Cássia julho 26, 2021 Destaques

O ator recebeu alto no último sábado (24)

Depois de longos dias internado no hospital, passando por cirurgias e sob cuidados de profissionais da saúde para tratar de complicações causadas pela Covid-19, Luciano Szafir recebeu alta no último sábado (24), e, em entrevista ao Fantástico, na Globo, na noite do último domingo (25), falou sobre a sua recuperação e os momentos de internação.  

O ator que estava internado desde o dia 22 de Junho, teve embolia pulmonar, após se submeter a uma cirurgia no abdômen e ficou internado em um hospital do Rio de Janeiro.

Durante a internação, Luciano afirmou que só pensava na sua família. “São duas lutas: contra o vírus e contra a cabeça, pensando nos meus filhos, minha mulher, minha família[…]É muito difícil pensar em quem você ama e pensar que você pode deixá-los para sempre”, disse.

Szafir revelou que os sintomas começaram por volta do dia 15  de Junho, dia em que poderia tomar o imunizante contra o coronavírus, já que era a data da vacinação para a sua idade.

Neste mesmo dia teve uma consulta com seu médico que o aconselhou a não ir tomar a vacina. ”Ele falou: ‘Não, você está com sintomas? Vai fazer uma tomografia, porque se você tiver com a doença, com o vírus, isso vai vir muito forte em você””, contou o ator que pegou o vírus pela segunda vez.

O ator confessou: “Foi a pior coisa da minha vida. Senti muita dor, muito pânico. Muitas vezes achei que não ia passar de 15 minutos. Isso não é fácil.”

Ainda durante a entrevista, Luciano disse que teve uma quarta chance e que, agora é o momento de ser ainda mais grato pela vida.  “Eu tive essa segunda, terceira, quarta chance”, afirmou. “Abro os olhos hoje e a primeira coisa que eu faço é agradecer. Perdi mais de 15 quilos, não tenho massa muscular nenhuma, mas estou vivo. Não vou desperdiçar um segundo de vida”. 

Outros artigos