Música Rafael

Henrique e Juliano lançam música inédita

Henrique e Juliano lançam música inédita

Com quase sete bilhões de visualizações no canal oficial do YouTube, Henrique e Juliano formam a dupla sertaneja mais vista da plataforma, distantes meio milhão do segundo colocado. Podemos dizer que os irmãos são reis dos números porque no stream sempre figuram entre os mais ouvidos. Agora, a dupla lança a primeira faixa do álbum gravado no último dia 19 de novembro no Ginásio do Ibirapuera/SP. Ainda sob o torpor causado pelo sucesso da gravação do sexto DVD da carreira, “Liberdade Provisória” tem a responsabilidade de abrir este trabalho para lá de especial para os irmãos tocantinenses.

Sempre atentos às opiniões de seus milhares de fãs, a dupla fez uma enquete nas redes sociais para saber qual seria a música mais aguardada do novo DVD. Nos mais de 2 mil comentários da publicação, “Liberdade Provisória” foi a faixa com o maior número de menções. “Toda a nossa história na música sempre foi baseada nessa relação que temos com os nossos fãs. São eles os principais responsáveis por tantos sucessos, ao longo desses anos que temos na estrada”, disse Henrique.

Segundo Juliano, gravar no Ginásio do Ibirapuera era um sonho dos irmãos. “Já tivemos a oportunidade de fazer registros em Palmas, Brasília, Recife e agora, pela segunda vez em São Paulo. Todas cidades muito especiais pra gente, mas o Ginásio do Ibirapuera tem uma importância enorme, grandes shows já foram registrados naquele lugar. Cantar ali, literalmente rodeado de pessoas que gostam do nosso som, foi emocionante, um sonho realizado!”.

“Henrique e Juliano – Ao Vivo no Ibirapuera” é o sexto DVD da dupla, em 2020 comemoram 13 anos de carreira. O novo trabalho traz um repertório com 22 canções inéditas como “Olé”, “Volta Por Baixo”, “Não Gosto Eu Amo” entre outras.

Confira “Liberdade Provisória”:

LIBERDADE PROVISÓRIA

(Henrique Castro/Elvis Hellan)

No inicio foi assim
Terminou tá terminado
Cada um pro seu lado
Não precisa ligar mais
Só que foi eu quem terminou
E quem foi largado não espera
Eu segui minha vida
Até ela começar seguir a dela
E do meio pro final
Eu só ia pra onde ela tava
Cada beijo no rosto que outra boca dava
Eu morria de raiva
E ela tava mais linda
Cada vez que eu olhava
O ciúmes não tava batendo
Tava dando porrada
E eu implorei, pra voltar
E ela me matou na unha
Disse que eu tava solteiro
Eu tava solteiro porra nenhuma
Implorei pra voltar
Não me manda embora
Sou preso da sua vida
Era só liberdade provisória
Vai ter que me aceitar de volta
AAh aah

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.