DestaquesFutebol

Globo renegocia dívida com a Fifa e pode conseguir renovação de contrato para exibir Copa 2026

Com isso, a emissora deverá mostrar na TV aberta mais eventos que estão em contrato

Com uma dívida de US$ 90 milhões, cerca de R$ 476 milhões na cotação atual em 2020, a Rede Globo renegociou sua dívida com a Fifa (Federação Internacional de Futebol). Objetivo da renegociação é que a Globo consiga fechar contrato para exibir a Copa do Mundo de 2026 que deverá acontecer no de forma conjunta nos Estados Unidos, no Canadá e no México.

A renegociação foi fechada para quitação logo após a pandemia e reexibição de mais eventos esportivos na emissora também foi negociado. Já para começar, a Globo exibirá no próximo dia 20 o jogo entre Brasil e Suíça, pela estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de Futebol de Areia.

De acordo com informações da “Notícias da TV”, a Globo fechou com Fifa para realizar os pagamentos em três anos, continuando a pagar depois do fim do contrato que finaliza em 2022. A dívida de 2021 foi paga no mês de Junho, segunda a coluna.

No ano passado, a Rede Globo realizou uma petição para não realizar o pagamento de 2020. O argumento foi que sua receita havia diminuído, afetada pela pandemia. A Fifa recorreu, e tentou receber o valor, porém a justiça deu causa ganha para a emissora o grupo Marinho, e as duas entidades optaram por resolver a questão amigavelmente.

Fifa e Globo já são parceiras há anos. Para se ter uma ideia, a RecordTV tentou negociar com a Fifa para receber os direitos de duas Copas por um valor bem superior ao da Globo. Porém, devido a essa parceria e por a Globo ter um alcance bem maior, a Fifa recusou a oferta da emissora de Edir Macedo.

Quer receber as principais notícias do N10 Entretenimento no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Aline Cássia

Jornalista. Redatora do Portal N10 Entretenimento e social media da Web TV Resolvi Casar. Trabalhou como repórter nas Prefeituras do Jaboatão dos Guararapes e da cidade do Recife e atuou como estagiária de jornalismo na AD Diper - Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo