FamososNotícia

“Foi o momento mais difícil da minha vida”, desabafa Priscila Alcântara sobre demissão do SBT

Ela esteve a frente do “Bom dia & Cia”, junto com Yudi Tamashiro

Priscila Alcântara ficou bastante conhecida no ano de 2005 por apresentar o programa “Bom dia & Cia”, do SBT. Ela permaneceu na emissora até 2013 e, durante uma entrevista ao podcast Vênus, ela relembrou a sua demissão e revelou que saiu da empresa por causa da sua idade.

A desculpa foi que a gente ficou muito velho, alegaram que a gente estava grande para o programa, de idade, e que eles não tinham um projeto para a gente. Interessante que a Silvia Abravanel entrou lá depois, né? E ela é mais velha que eu, fiquei me perguntando: ‘O que aconteceu?’“, disse ela, com risos.

Ela revelou que, devido a zona de conforto da época, não conseguiu enxergar que precisa investir no seu grande sonho, que era a música. “Quando eu saí foi muito louco, hoje eu percebo que nem eu estava botando fé na minha música. Nem passou pela minha cabeça: ‘Vou aproveitar que estou saindo da televisão e vou investir na música que é meu grande sonho’, não… hoje isso me faz ver o quanto eu estava desprendida do meu destino por conta do conforto.”, contou a cantora.

Priscila disse que passou por dificuldades, mas que o momento foi importante para crescer. “Foi o momento mais difícil da minha vida, foi ali que eu cresci, que virei raiz no meu propósito. Eu lembro que passei meses no meu quarto só orando. Eu não tinha mais contrato com televisão, o programa de TV independente que eu estava tentando deu errado e ninguém me conhecia na música. Eu me perguntava o que fazer, a minha família trabalhava comigo”, desabafou.

Recentemente, a cantora lançou recentemente o EP Tem Dias, que marca sua transição do gospel para o pop com quatro faixas: Tem Dias, Correntes, lançada em 2020, e as inéditas: Boyzinho e Eu Não Sou Pra Você, com participação do Lucas Silveira.

Em uma entrevista ao Sai da Caixa, no Canal do UOL em junho de 2021, Priscila disse que prefere não se definir como “cantora gospel”: “Isso entra na definição sobre o que é ser uma cantora gospel. Para mim, é sobre um rótulo, e a vida é muito mais que um rótulo. A vida é sobre quem você é dentro. Eu poderia falar pra você: ‘Ahh, eu sou uma cantora gospel’ e por dentro ser podre e não refletir nada de Jesus. Faz algum sentido?”.

Quer receber as principais notícias do N10 Entretenimento no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Aline Cássia

Jornalista. Redatora do Portal N10 Entretenimento e social media da Web TV Resolvi Casar. Trabalhou como repórter nas Prefeituras do Jaboatão dos Guararapes e da cidade do Recife e atuou como estagiária de jornalismo na AD Diper - Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo