Fantástico, Heloisa Périssé
Imagem: Globo/Reprodução

No Fantástico deste domingo, 10 de novembro de 2019, Heloisa Périssé conta de onde tirou forças para vencer o câncer.

Em uma conversa emocionante com o Dr. Drauzio Varella, a atriz fala sobre como enfrentou o câncer, como venceu a doença e quais seus planos para o futuro. Além disso, também tem uma reportagem especial do repórter Marcelo Canellas sobre a descoberta de um fóssil de mais de 230 milhões de anos, um dos primeiros predadores da terra, que foi encontrado aqui no Brasil.

E ainda, Sônia Bridi traz a nova temporada do Jornada da Vida. Um rio sagrado para os hindus, mas que ao mesmo tempo é um dos mais poluídos do mundo. Na nova temporada da série ‘Jornada da Vida’, que estreia neste domingo, dia 10, no ‘Fantástico’, a repórter Sonia Bridi vai até a Índia para contar a história do Ganges, fonte de abastecimento para 400 milhões de pessoas. O primeiro dos cinco episódios vai a 4.500m de altitude mostrar como as geleiras que dão origem ao Ganges estão ameaçadas pelas mudanças climáticas – assim como todo o Himalaia. Um guru montanhista e fotógrafo, de 93 anos, mostra os registros dos efeitos das alterações na região nas últimas sete décadas.

A série vai também à cidade sagrada de Rishikesh, berço da ioga e da meditação transcendental. Lá, um líder religioso prega que saneamento é meditação, que banheiros tem que vir antes dos templos, e que não adianta adorar o criador e não cuidar das criaturas. A missão dele é salvar o Ganges da poluição que está matando o rio e ameaçando as pessoas que dependem dele para viver.

O Yamuna, principal afluente do Ganges, está praticamente morto. A série percorre suas margens, passando pela capital, Delhi, e mostra como a poluição e a agricultura fazem com que o rio chegue praticamente morto a Agra, se tornando nesse ponto é o mais poluído do mundo. Em Mathura, lugar místico onde teria nascido o Deus Krishna, a equipe participa do festival mais colorido da Índia, o Holi.

‘Jornada da Vida’ também vai a Varanasi, a mais sagrada das cidades indianas e uma das mais antigas do mundo, conhecida como a cidade da morte. Mais de 100 mil corpos são cremados por ano lá e as cinzas vão para o rio Ganges. A série termina com um panorama da sociedade indiana, mostrando como lidam com as desigualdades extremas e a opressão às mulheres e minorias.

Tudo isso e muito mais você pode conferir logo após o Domingão do Faustão, a partir das 21h, na TV Globo. Além disso, o telespectador pode assistir a programação da emissora ao vivo através do GloboPlay, assim como programas anteriores na plataforma digital.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.