Em entrevista, Cid Moreira desmente polêmica envolvendo sua esposa: “presente de Deus”

Em entrevista, Cid Moreira desmente polêmica envolvendo sua esposa: “presente de Deus”

Em entrevista, Cid Moreira desmente polêmica envolvendo sua esposa: “presente de Deus”

Aline Cássia agosto 3, 2021 Notícia

Durante entrevista ao programa “A Tarde é Sua”, da RedeTV!, com Sônia Abrão desta terça-feira (03), o ex-apresentador da Globo, Cid Moreira, falou sobre a polêmica que envolve os seus dois filhos, Roger Moreira e Rodrigo Moreira e sua esposa Maria de Fátima Sampaio Moreira.

“Esse negócio de falar que estou comendo comida estragada é uma infâmia, uma coisa terrível, eu fico até constrangido com isso”, disse o comunicador.

Os filhos do jornalista haviam acusado Maria de Fátima de manter Cid sob cárcere privado, o que foi negado pelo mesmo.  “Não vou dizer que tá tudo bem. É muito triste isso que tá acontecendo, porque eu considero a Fátima um presente de Deus. Por várias vezes, em igrejas pelo país, no qual sou solicitado, eu falo que pedi uma mulher e realmente consegui uma mulher e esse pessoal não tá gostando disso. Não sei qual o intuito”, afirmou Cid. 

Cid também fez questão de dizer que não permitirá que ninguém interfira sobre as suas coisas. “Eu sempre lutei com 94 anos e vou continuar lutando até morrer para ter domínio sobre as minhas coisas e não admito de jeito nenhum, interferência de ninguém”, falou.

De acordo com informações do site “Notícias da TV”, além de acusar a madrasta de manter Cid em cárcere privado, os filhos do locutor acusaram, em ação judicial, que Maria dopa Cid com remédios e alegou demência do pai.

Nesta terça-feira (03), mais uma revelação veio à tona envolvendo a polêmica. Um ex-caseiro, que trabalhou com o jornalista durante 26 anos, que preferiu não ter sua identidade revelada, confirmou a afirmação dos filhos.

Os filhos entraram com a uma ação pedindo interdição do pai. O pedido foi protocolado pela Vara de Família e Registro Civil da Comarca de Petrópolis, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Assim que os herdeiros entraram com a petição, durante uma entrevista à “Quem” um dos filhos se manifestou.  “A única coisa que posso te falar agora é que a verdade vai aparecer muito em breve. Ele é uma vítima. Se não fosse ela impedindo, nós filhos estaríamos convivendo junto com ele. Amamos ele e não podemos nos aproximar porque ela não deixa”, disse Roger.

 

 

 

 


 

Outros artigos