Imagem: Globo/Reprodução

No Conversa com Bial desta sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021, Pedro Bial conversa com Gal Costa.

Para João Gilberto e Caetano Veloso, ela é a maior cantora do Brasil. Já nas palavras de Cazuza, foi a mais moderna. Gal Costa está lançando seu 51º álbum, em que revisita seu repertório para celebrar 75 anos de idade e 55 de carreira.

Tanto o disco quanto o programa contam com a presença de jovens nomes que, nas palavras dePedro Bial, beberam na fonte de sua Bossa Nova, Rubel e Tim Bernardes.

Ao traçar um paralelo entre a geração atual e anterior, Gal reconhece o pioneirismo dos parceiros de início de carreira. “Eu acho que a minha geração é uma geração imbatível. São compositores, cantores, gênios da música.”

No entanto, a cantora revela que prefere seus trabalhos mais recentes. Ela, que gosta de assistir a apresentações antigas na internet, faz uma autocrítica. “Eu gosto de me assistir, me ouvir. Falando em ouvir, eu acho que hoje eu estou cantando melhor que no passado.”

Especialmente para o programa, Gal cantou “Baby” e “Juventude Transviada” com Tim Bernardes, “Coração Vagabundo” e “Só Louco” com Rubel.

A atração está prevista para ser exibida na Grande São Paulo, assim como todo Brasil, logo após o Jornal da Globo.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.