Programação da TV Bernardo Vieira

Conversa com Bial – 03/12/2019: Arlete Salles e Miguel Falabella

Conversa com Bial – 03/12/2019: Arlete Salles e Miguel Falabella

No Conversa com Bial desta terça-feira, 03 de dezembro de 2019, Pedro Bial recebe Arlete Salles e Miguel Falabella.

Amigos de longa data, eles se divertem ao contar histórias e curiosidades sobre a vida pessoal e profissional, além de detalhes sobre a obra que marca o reencontro dos dois talentos: ‘Eu, a Vó e a Boi’, uma série original Globoplay, desenvolvida pelos Estúdios Globo

Atriz, apresentadora, radialista e comediante brasileira. São muitas as faces de Arlete Salles, que conquistou o coração do público ao encarnar personagens marcantes em obras de comédia. No entanto, quem vê seu jeito despojado, não imagina quem era Arlete Salles antes da fama.

A Pedro Bial, a atriz pernambucana recorda os momentos vividos longe dos holofotes: “Em Recife, eu era uma garota bem tímida, mas cheia de sonhos e coragem. Foi graças a um anúncio que consegui ir para o rádio. Não existia televisão e eles me chamaram para fazer locução”. Arlete conta ainda que precisou enfrentar alguns obstáculos para não perder boas oportunidades de trabalho: “Eu sofri muito bullying por conta do meu sotaque, que era muito forte. Na época, não havia esse costume de fazer consulta com fonoaudiólogas. Eu fui treinando sozinha e acabei perdendo 80%”.

A comédia parece acompanhar a carreira da atriz, que confessa a Pedro Bial ter se rendido mais uma vez aos textos divertidos de Miguel Falabella. Atualmente, ela dá vida a Turandot, uma das protagonistas de “Eu, a Vó e a Boi”, série de autoria de Miguel, que tem a intriga e o rancor como panos de fundo. “São crônicas de uma discórdia antiga entre duas avós que têm o mesmo neto”, conta o convidado.

Miguel também revela algumas reflexões sobre a obra: “A série é um humor profundo de dramaturgia e de personagens muito atuais. Brincamos muito com esse novo conceito de família. A novidade está nessas novas relações e na mensagem de que nada pode florescer quando plantado no rancor”. Atenta ao discurso do amigo, Arlete não perde a oportunidade de elogiar o trabalho do artista: “Não dá para mexer no texto dele, é impecável.”

Durante o programa, os convidados ainda compartilham alguns segredos de quem tem a arte de fazer rir como objetivo primário: “A comédia é a maneira mais elegante de se falar sobre coisas sérias. Os comediantes são profissionais que têm esse tempo exato para o humor. Tem a ver com pontuação, respiração e nível de ansiedade”, destaca Miguel. Arlete finaliza: “O ator comediante usa muito a criança interior que não se perdeu. Uma leveza e uma irreverência, mas com seriedade.”

A atração está prevista para ser exibida na Grande São Paulo, assim como todo Brasil, logo após o Jornal da Globo.

Sobre o autor | Website

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.