Na última quarta-feira (22), Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos, acabou com uma medida tomada pelo seu antecessor Barack Obama que garantia proteção a estudantes transgêneros de todo o país.

A norma garantia aos alunos a opção de escolher qual banheiro e vestiário usar, de acordo com sua identidade de gênero. A decisão rapidamente começou a ser criticada, principalmente pelos grupos LGBTQ dos EUA.

Em um post feito na quinta-feira (23), um dia após o veredito do presidente, Beyoncé demonstrou apoio aos estudantes e escreveu em suas redes sociais: “Estudantes #LGBTQ precisam saber que têm nosso apoio”, seguido da hashtag #protecttransyouth (proteger a juventude trans).

 

 

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.