Altas Horas tem Alanis Morissette Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas

O ‘Altas Horas‘ do próximo sábado, dia 12, reúne os mais diversos talentos, de dentro e fora do Brasil, em um só programa. Serginho Groisman recebe a cantora canadense Alanis Morrisette que conta o que tem feito nos últimos 10 anos, além de detalhes de seu novo álbum ‘Such Pretty Forks In The Road’. Além disso, Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas falam sobre os bastidores da novela ‘Totalmente Demais’, e Dira Paes levanta importantes reflexões sobre o feminicídio ao lado de Maria da Penha. Completando o time de convidados, Scheila Carvalho, Sheila Mello e Jacaré conversam sobre a época do grupo É o Tchan!, enquanto Luis Fernando Verissimo fala sobre a literatura e o seu amor pelo futebol.

Presença internacional

Grande estrela do Rock alternativo, mãe de três filhos e dona de sete Grammy Awards, Alanis Morissette participa do ‘Altas Horas’ para contar sobre a vida nos últimos dez anos e os seus recentes projetos. A entrevistada também comenta sobre as lembranças que tem do Brasil: “Eu sempre amei o Brasil. Não vejo a hora de voltar”.

No programa, ela traz detalhes sobre os sentimentos que a levaram a produzir o seu novo álbum, o ‘Such Pretty Forks In The Road’. Grande entusiasta das relações humanas, ela confessa a Serginho ter sofrido de depressão pós-parto, após o nascimento de seu terceiro filho, e que buscou na escrita uma forma de se expressar. No entanto, Alanis diz ter percebido uma outra realidade: “Eu percebi que a cura vem das relações. Eu tentava me esconder em um estúdio e escrever sobre tudo o que estava acontecendo na minha vida, para não ter que lidar com as pessoas. Por mais que eu tentasse, isso não funcionava. Então, meu objetivo, durante os últimos dez anos, foi usar a coragem que eu precisava para escrever estas canções nas minhas relações”. Exclusivamente para o ‘Altas Horas’, Alanis performa o icônico hit “Ironic” e o recente sucesso “Ablaze”, que escreveu para seus filhos.

Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas falam das lembranças de ‘Joniza’, e o É o Tchan! se reencontra no programa

Em 2015, Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas deram vida ao casal Jonatas e Eliza, na novela ‘Totalmente Demais’. Cinco anos depois, com a volta da trama à grade da TV Globo, os atores aproveitam o encontro promovido pelo ‘Altas Horas’ para contar sobre os bastidores das gravações: “A gente se conheceu no teste do personagem Jonatas. Quando eu entrei em cena junto com o Felipe, na hora, eu senti que não tinha como ele não ser o Jonatas da Eliza”. E ainda: “Foi uma conexão. Ali nasceu a hashtag Joniza”, brinca Marina. Além das boas recordações da época das gravações, os jovens abordam temáticas da atualidade, como a campanha ‘Setembro Amarelo’ e a importância do distanciamento social. Felipe Simas fala sobre a sua experiência: “No início da pandemia, eu tive o vírus. Não tive sintomas graves, mas tenho a consciência de que muitas pessoas estão sofrendo com essa doença”.

E por falar em lembranças… O programa traz o melhor dos anos 1990 ao lado de Scheila Carvalho, Sheila Mello e Jacaré, ex-bailarinos do grupo É o Tchan!. Os três se divertem e comentam sobre momentos marcantes no ‘Altas Horas’, onde performaram ao som de hits como “Segura o Tchan” e “Turma do Batente”.

Dira Paes e Maria da Penha contra a violência doméstica e Verissimo amante do futebol

O ‘Altas Horas’ deste sábado também aborda um tema de grande importância, o aumento da violência doméstica durante o período de isolamento social. Para a conversa, Serginho convida a atriz Dira Paes, no ar na edição especial de ‘Fina Estampa’, e Maria da Penha, vítima emblemática desta luta.

Segundo Maria da Penha, a educação é fundamental: “Quantas crianças observam a violência dentro de casa? Sem educação, a criança pode até acabar reproduzindo as atitudes do agressor quando crescer”. E Dira Paes analisa a importância de envolver questões sociais na dramaturgia. No ar em ‘Fina Estampa’, dando vida à personagem Celeste, a atriz vê reacender a discussão sobre a necessidade de combater a violência doméstica: “Eu me sinto privilegiada de poder estar em uma novela com uma mensagem tão importante, que é combater a violência doméstica, o feminicídio e os abusos sofridos pelas mulheres”.

Para deixar o programa ainda mais especial, Luis Fernando Verissimo fala sobre a sua antologia digital de crônicas. A Serginho, um dos maiores escritores do Brasil admite que, na verdade, nunca teve a intenção de ser escritor: “Eu comecei a escrever com mais de 30 anos já. O futebol sempre foi uma grande paixão minha”.

O ‘Altas Horas’ vai ao ar aos sábados, depois do ‘Zorra’.

Deixe um comentário

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.