Entidades estudantis fazem ato contra aumento da tarifa de ônibus em Natal

Movimento pede a revogação da passagem, que aumentou 15,52%

Na tarde da última quinta-feira (11) entidades estudantis, como a UJP, UMES Natal, UESP, MPL dentre outras, realizaram um ato para protestar contra o aumento da passagem de ônibus em Natal. De acordo com os organizadores do evento, cerca de 650 estudantes participaram do protesto, que contou com o monitoramento da polícia e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

A ‘Revolta do Busão’ começou com uma concentração na Praça Cívica e terminou, de forma pacífica, em frente à prefeitura do Natal. O movimento pede a revogação da passagem, que aumentou 15,52%. “Nosso transporte público é ruim e ineficiente, com passagem cara e ônibus frequentemente lotados, veículos em condições ruins, pontos de ônibus sem abrigo, além do grande tempo de espera. Isso é um absurdo”, destacou Igor Souza, presidente da UJP (União da Juventude Potiguar).

Desde abril deste ano, a tarifa de ônibus em Natal foi reajustada de R$ 2,90 para R$ 3,35. O último reajuste ocorreu em janeiro do ano passado, quando passou de R$ 2,65 para R$ 2,90. Para aprovar o aumento no preço a prefeitura exigiu algumas contrapartidas. Dentre elas, a implantação de 100 novos abrigos para paradas de ônibus e a disponibilização online dos dados dos GPS de todos os veículos.

A intenção da STTU era falar sobre reajuste apenas depois do processo de licitação do transporte público da cidade, o que não ocorreu, pois não houve propostas apresentadas para assumir o sistema de transporte de Natal.

Os seguintes valores estão em vigor:

Inteira – R$ 3,35
Estudante com Cartão – R$ 1,675
Estudante dinheiro – R$ 1,70
Social – R$ 1,70
Linha Norte Bairros/Inteira – R$ 2,50
Linha Norte Bairros/Estudante – R$ 1,25

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!